Header Ads

O Perdão de Jesus nos Garante a Salvação!


Jesus foi condenado à mais cruel das mortes de sua época. No dia em que foi crucificado, a vida de dois homens também, recebeu o mesmo desfecho, a palavra de Deus diz que :
“formam crucificados com ele dois salteadores, um à direita, e outro à esquerda”.
Esses dois homens eram barra pesada. O termo salteadores indicava criminosos que usavam de violência para roubar abertamente, e, provavelmente, aqueles homens fossem culpados de assaltos à mão armada, e até homicídios.
“O Messias contado com os transgressores” (Isaías 53:12).
Jesus foi crucificado por volta das 9 horas da manhã e ficou na cruz até por volta das 3 horas da tarde. Essas 6 horas forma suficientes para algo extraordinário acontecer.

Nos últimos momentos de suas vidas eles ousaram olhar para a cruz, para o Cordeiro de Deus, mas, infelizmente, com pensamentos e atitudes diferentes.

O primeiro deles olhou e não conseguiu ver quem realmente era Jesus, preferiu olhar, blasfemar e provar:
“Não és tu o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós” (Lucas 23:39).
O segundo tomou forças de onde não havia forças e repreendeu o amigo blasfemador:
“Nem ao menos teme a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na verdade, com justiça; porque recebemos o que nossos feitos merecem; mas este nenhum mal fez”. (Lucas 23:40-41).
Mas ele não parou por aí. Olhou para o Cordeiro Santo na cruz e fez um pedido:
“Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino”. (Lucas 23:42).
Que pedido! O momento dele era aquele. Ele não deixou passar: olhou para a cruz e tomou a decisão. Não pediu um lugar de honra, de destaque, apenas disse:
“Lembra-te de mim”.
Não sabemos o que o convenceu a dizer aquilo, pois a Bíblia é clara em dizer que, no início do dia, "os dois ladrões caçoavam de Jesus" (Mateus 27:44). O que sabemos é que, de alguma maneira o Espírito Santo fez uma obra no coração daquele homem, pois foi necessário muita fé para crer em um rei à beira da morte!

E diante do seu pedido, Jesus deu-lhe o perdão e, com o perdão, a promessa da Salvação. Ele disse:
“Estarás comigo no paraíso! Amém!”
De todos os benefícios que o perdão de Jesus pode nos oferecer, este é o principal: a salvação. Não existe bem maior que esse!

Se você considera sua vida um desperdício, se anda dizendo para si mesmo que não vale nada, Jesus diz que você vale muito. Cristo não nos comprou o perdão com ouro ou prata, mas pelo seu “precioso sangue” (I Pedro1:19). Sabe por que nós temos a certeza de que fomos salvos?

Cristo nos perdoou!

Ele morreu para que tivéssemos vida!

Ele se entregou para que fôssemos libertos!

O perdão de Jesus traz salvação!.

Você lembra da pergunta dos ouvintes de Pedro, no dia de Pentecostes?
“Que faremos?” (Atos 2:38).
Eles haviam acabado de ouvir uma mensagem a respeito de Jesus. A resposta para essa pergunta continua sendo a mesma:
“Arrependei-vos cada um de vós (...) para perdão dos pecados” (Atos 2:38).
Não duvide: Jesus pode perdoar você! Peça perdão hoje!

Hoje mesmo, levante seus olhos ao céu e diga:
“Lembre-se de mim, Senhor!”


E tenha certeza: Ele se lembrará. Que assim seja. Deus nos abençoe!




PCamaral


***

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.