Header Ads

Faz Parte do Presente.

Pr Samuel Câmara



Uma garotinha resolveu dar de presente à sua professora uma linda e rara concha marinha. “Onde você a conseguiu?” — perguntou a professora. A garotinha respondeu que aquele tipo de concha só era encontrado em uma praia muito distante dali. A professora ficou profundamente comovida, porque sabia que a menina havia caminhado vários quilômetros para achar a concha. “Você não deveria ir tão longe só para me trazer um presente”. Ao que a garotinha riu e respondeu: “A caminhada faz parte do presente”.

As crianças às vezes conseguem captar valores em coisas que normalmente os adultos não veem nada interessante. Essa esperta garotinha provavelmente não sabia que estava exprimindo uma verdade a respeito de Jesus Cristo, que veio à terra como um presente do amor eterno de Deus pela humanidade — “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16).

A dádiva de Jesus também começou com uma longa jornada. Ele deixou a glória dos céus e veio para a terra, que estava imersa no pecado e na injustiça, tomou a nossa natureza humana (“E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade”) e percorreu o longo caminho da cruz. Lá, tomou como Seus os nossos pecados, pagando por eles com Seu próprio sangue.

Cristo, “sendo rico, se fez pobre por amor de vós, para que, pela sua pobreza, vos tornásseis ricos” (2 Co 8.9).

Ele dá o maravilhoso presente da vida eterna a todo aquele que Nele crê. Nós nada merecíamos, “porque o salário do pecado é a morte”, porém Deus colocou um “mas”, quando acrescenta: “mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm 6.23).

Com a vinda de Jesus, “a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens” (Tt 2.11).

Jesus foi longe demais para nos dar esse valioso presente! Ele foi às últimas consequências. Veja só o que Ele fez: “Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos” (Is 53.4-6).

Jesus é o grande presente de Deus, em cujo nome achamos a salvação: “E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos” (At 4.12).

E quando diz “em nenhum outro”, é exatamente isso que quer dizer: nem Moisés, nem Maomé, nem Buda, nem Chrisna, nem anjos, nem santos, nem Maria, nem José, nem Pedro, nem outro nome dado entre os homens. Só Jesus salva!

E por que só Ele salva? Porque “É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós” (Rm 8.34).

Fale diretamente com Jesus agora sobre a sua situação, pois só Jesus é o nosso Intercessor: “Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem” (1 Tm 2.5).

E, finalmente, quando dizemos a Ele em gratidão: “Foi demais, Jesus, o Senhor não deveria ter feito tanto; não deveria ir tão longe”. Podemos imaginá-lo fitando-nos com olhos cheios de ternura e dizendo mansamente: “A caminhada faz parte do presente”.


***

Fonte: Boas Novas TV - Artigos do Presidente.

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.