Header Ads

Falta Fé no Mundo!

Ana Maria Ronchete David



"Levantaram-se de madrugada, e adoraram perante o Senhor, e voltaram, e chegaram a sua casa, a Ramá. Elcana coabitou com Ana, sua mulher, e, lembrando-se dela o Senhor, ela concebeu e, passado o devido tempo, teve um filho, a que chamou Samuel, pois dizia: Do Senhor o pedi”. (I Sm 1:19)


Ana, uma mulher de fé, viveu na época dos Juízes (I Sm 1), Neste tempo, tudo era muito semelhante aos nossos dias, sentimentos mesquinhos como a infidelidade, a incredulidade, o materialismo e a desumanidade imperavam em Israel (Jz 17:6).

Neste ambiente hostil, Ana, e a sua persistência na oração, contrastaram com a religiosidade fria e aparente que era praticada. O relato bíblico nos mostra que ela tinha o coração triste e amargurado pela falta de um sonhado filho (I Sm 1:6).

Por causa deste fato, ela suportava constantes provocações de Penina, a outra mulher de Elcana, seu marido. Apesar da valorização que o seu marido lhe dava (I Sm 1:8), a inquietação de seu sofrido coração, não lhe dava descanso.

A saída para a sua dor foi derramar as suas súplicas em oração a Deus, e ela o fez de tal forma, que o sacerdote Eli a teve por embriagada (I Sm 1:10-14). Ela, humildemente, falou da sua dor, e da decisão que tomou baseada numa fé simples e verdadeira, traduzida em um voto feito a Deus: Se tivesse um filho, o entregaria ao serviço do Senhor.

Depois de nascer, Samuel, o filho desejado de Ana, logo após ser desmamado, foi consagrado ao serviço de Deus, no templo (I Sm 1:24). Sua mãe, embora o tivera consigo por pouco tempo, o ensinou a amar, a ser reverente e a adorar a Deus, e de tal modo o fez, que Samuel foi um líder espiritual de muita importância para Israel, levando a nação a voltar-se para o Senhor (I Sm 3:19-21).

Ana, através de uma fé verdadeira em Deus, contribuiu para melhorar a sociedade da sua época, gerando um autêntico servo de Deus.

As mulheres cristãs, devem ter fé como Ana, e ensinar os seus filhos no caminho do Senhor, ainda quando pequenos (Pv 22:6), para que eles brilhem neste mundo tenebroso, como crentes fiéis ao Pai Celeste, e possam, além de viver no amor divino, compartilhá-lo com aqueles que dele necessitam.


***

Fonte: www.fesofap.com.br

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.