Header Ads

A água do odre acabou, mas...


Quantas vezes em nossa vida as coisas iam muito bem quando de repente tudo muda, o dia vira noite e começa uma tempestade; chegamos a dizer: meu mundo virou de ponta cabeça. Nesses momentos, naturalmente, somos levados a questionar “por que eu?”

Então se levantou Abraão pela manhã, de madrugada, e tomou pão e um odre de água e os deu a Agar, pondo-os sobre o seu ombro; também lhe deu o menino e despediu-a; e ela, partiu, andando errante no deserto de Berseba (Genesis 21:14)

Foi assim também na vida de Ismael; ele era filho de Abraão, criado como um príncipe com todas as mordomias de filho único quando de repente sua vida dá uma reviravolta. Seu próprio pai o expulsa de casa com apenas pão e um odre de água para dividir com sua mãe. No lugar de Ismael certamente nos revoltaríamos; nem um camelo para atravessar o deserto Abraão deu a Ismael.

Isto nos leva a meditar que a vida do homem não é sempre uma linha reta, mas, muitas vezes encontramos montanhas e vales, desertos e mares, sol e chuva. As circunstâncias mudam e às vezes não fazemos nada para que isso ocorra e nos perguntamos: Por que eu Deus?

A mãe de Ismael, quando a água do odre acabou, desistiu e foi sentar-se longe do rapaz esperando a morte chegar. Muitos também se desesperam diante da situação e acabam desistindo de lutar; o menor problema já nos leva a murmurar e lamentar. Agar certamente não conhecia o Deus de Abraão, mas Ismael certamente foi ensinado por Abraão e conhecia seu Deus. Ao invés de desistir e lamentar como fez sua mãe, Ismael clamou ao Senhor

“E ouviu Deus a voz do menino, e bradou o anjo de Deus a Agar desde os céus, e disse-lhe: Que tens, Agar? Não temas, porque Deus ouviu a VOZ DO MENINO desde o lugar onde está. Ergue-te, levanta o menino e pega-lhe pela mão, porque dele farei uma grande nação” Genesis 21:17-18.

A água do odre acabou, mas Deus mostrou uma fonte de água para Ismael.

Deus não abandonou a Ismael, que era filho de Abraão, e também não abandonará você, que também é filho por adoção em Jesus Cristo! Se sua água secou pare de se lamentar e chorar e clame ao Senhor, Ele vai lhe mostrar a fonte de água viva! Não podemos impedir que circunstâncias contrárias apareçam em nossa vida, mas podemos aprender a reagir de maneira diferente a elas.

“Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação” (Habacuque 3:17-18)

Que Deus nos abençoe e guarde!


Fonte:
Texto de Ricardo Radighieri Rascado

Um comentário:

  1. Essa postagem é nota 10. Isso há aconteceu por esses dias na minha casa, as coisas não sairam como esperavamos, mas... fazer o que, né?

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.