Header Ads

Fuja da janela!


Mais um dia se findava na importante cidade de Trôade. A noite anunciava o fim das atividades para muitos, não para os cristãos: No sábado à noite nós nos reunimos com os irmãos para partir o pão . Paulo falou nessa reunião e continuou falando até a meia-noite, pois ia viajar no dia seguinte. (At 20:7 – NTLH). Eles mal sabiam as surpresas que estavam por vir. Que noite seria aquela! Lucas jamais iria esquecê-la.

E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e prolongou a prática até à meia-noite. (Atos 20:7)

Tudo aconteceu em um cômodo que ficava no terceiro andar de uma casa. As lamparinas a óleo iluminavam o local deixando o ambiente abafado e quente, Lucas conta que havia muitas delas (At 20:8). Os cristãos estavam ali por um motivo especial, um culto de comunhão (At 20:7 – BV).

Paulo e os discípulos vinham de uma série de viagens. Passam por Trôade, e ali ficam por sete dias. O versículo sete nos informa que depois daquela reunião eles iriam partir. Era o último dia deles naquela cidade. Ninguém queria perder o culto de despedida. Paulo foi o pregador, e prolongou o seu discurso até à meia noite (At 20:7).

Porém o fato que mais chama atenção neste texto não é o longo sermão do experiente apóstolo Paulo, mas o modo estranho que o desconhecido jovem Êutico ouviu esse sermão. Diz a Bíblia: ...um rapaz chamado Êutico que estava sentado no parapeito da janela (At 20:9). A atitude desse jovem é algo um tanto quanto intrigante...

As casas do oriente tinham grandes janelas que mais pareciam portas. Elas eram assim para ajudar na ventilação do ambiente, não para que se sentassem nelas. Êutico ignora isso. Em um determinado momento do culto ele se sente atraído pela janela, e por lá mesmo se acomoda, de lá Êutico assiste o culto e é lógico, também fica sabendo o que rola lá fora, nas ruas de Trôade...

As janelas são assim, atraentes, tentadoras, cativantes, mas não se engane elas também são altamente perigosas. É arriscado ficar na janela, dormir ali pode ser fatal, Êutico aprendeu isso. Aprendeu da pior maneira: caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo, e foi levantado morto (At 20:9).

O jovem Êutico lutou contra o sono até onde conseguiu, infelizmente chegou um momento que não deu mais. A queda foi fatal. Ele não vigiou e o sono destruiu a sua vida. É triste dizer, mas, há muitos Êuticos nos nossos dias. Muitos jovens se aventurando e se perdendo nas “janelas da vida”.

Você já se sentiu como ele? Já foi atraído pela janela? Já experimentou ficar com os pés dentro da igreja e com os olhos fora dela? Cuidado! É arriscado ficar na janela. Não seja atraído por ela. Fixe seus olhos naquilo que é eterno, não permita que a janela destrua a sua vida! Acorde o quanto antes: Desperta, ó tu que dormes (Ef 5:14).

Se você está desanimado espiritualmente, desligado da fé, indiferente com a palavra, tome uma atitude. Não é tarde para reafirmar o seu compromisso com Deus. Êutico teve uma segunda chance (At 20:10-12), você também pode ter, aproveite enquanto é tempo: Já é hora de despertarmos do sono, porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé (Rm 13:11).

As “novidades” da janela jamais poderão se comparar com as reais e verdadeiras propostas do evangelho. Creia nessa palavra. Viva essa palavra. Pregue essa palavra! Fuja da janela!


Fonte:
Autor Eleilton Freitas


2 comentários:

  1. Ola gostei muito e vou falar disto no primeiro sábado de dezembro que Deus te abençoe por ter postado esta pregação saudações de irmão: MARANATA!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém!
      Que Deus abençoe e leve edificação a todos os que ouvirem esta palavra.

      Fica na Paz!

      Excluir

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.