Header Ads

É só seguir o mapa!

Eleilton Freitas


"Agora que vocês sabem estas coisas, bem aventurados sois se as praticarem" (Jo 13:17).

O que você sente quando ouve alguém dizendo que gosta de “doutrina”? Estranho? Normal? Você sabe o que significa essa palavra?

Infelizmente, para muita gente ela é sinônima de rigidez, severidade, rigor. Se esse for o seu caso, talvez a sua visão acerca do que seja doutrina esteja distorcida. Segundo Myer Pearlman, a palavra doutrina significa “ensino” ou “instrução”, neste sentido, “doutrina cristã” pode ser definida como
as verdades ou ensinos fundamentais da Bíblia, apresentadas de forma sistemática, ordenada, organizada.
Os exageros de alguns, que torcem a palavra de Deus para criar seus próprios pontos de vista, não podem ser chamados de doutrina cristã. Ensinos anti-bíblicos não podem ser chamados de "doutrinas cristãs". Novamente ressaltamos, a doutrina cristã é bíblica, porque é baseada na Bíblia. Esta devemos atender. Entendeu? Não é nada de outro do mundo.

Uma vez salvos pela graça de Jesus, iniciamos a nossa carreira cristã. Depois de justificados, entramos no processo de santificação. Nesta caminhada, saber qual a vontade Deus para nós, é extremamente importante se não quisermos andar por caminhos errados. Conhecer a doutrina certa é necessário. Por quê?

Em primeiro lugar, conhecer a doutrina cristã bíblica é essencial para o desenvolvimento do caráter. Crenças firmes produzem caráter firme! Crenças bem definidas produzem convicções bem definidas. Foi por isso que Paulo disse a Timóteo: ...continue firme nas verdades que aprendeu e em que creu de todo o coração (II Tm 3:14).

Em segundo lugar, conhecer a doutrina cristã bíblica é essencial para o enfrentamento do erro. Jesus, em certa ocasião afirmou: Como vocês estão errados não conhecendo nem as Escrituras e nem o poder de Deus (Mt 22:29). Precisamos conhecer as Escrituras para não sermos enganados por qualquer vento de doutrina!

Certo escritor comparou a vida cristã com uma viagem no tempo para a eternidade. Essa viagem tem rumo certo, destino certo. Foi planejada, e é dirigida pelo criador. Ele comparou a doutrina com o mapa que indica o caminho, até o destino final. Deus não nos deixou à mercê, sem rumo. Sua vontade foi revelada a nós.

Por fim, é importante lembrarmos também que a doutrina não tem fim em si mesmo, justamente porque a Bíblia não tem fim em si mesmo. Ambas apontam para JESUS! Ele disse que as Escrituras dão testemunho a seu favor (Jo 5:39). A palavra escrita sempre vai nos direcionar à Palavra da vida: Jesus (I Jo 1:1)!

A doutrina não é a cura para o pecado, mas mostra o remédio. A doutrina não é a fonte da salvação, mas mostra o caminho. A doutrina não nos livra da morte, mas indica-nos a vida! A doutrina não é o que temos de mais importante, mas coloca as coisas nos devidos lugares, fazendo àquele que é mais importante ser glorificado, a saber, Jesus Cristo.

Que o Senhor nos ajude a ser cumpridores da palavra, e não somente ouvintes (Tg 1:22). A mensagem de Deus aos estudantes da Bíblia Sagrada é: Agora que vocês sabem estas coisas, felizes serão se as praticarem (Jo 13:17). Que a juventude da igreja de Cristo, continue crescendo na graça e no conhecimento do Senhor Jesus!

***

Fonte: Devocional de autoria de Eleilton William de Souza Freitas divulgado no PC@maral.

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.