Header Ads

Tremor no Chile pode ter alterado eixo da Terra e deixado dias mais curtos

Simulação da Nasa mostra inclinação extra de 8 cm e o dia 1,26 microssegundo mais curto

O terremoto que chacoalhou 80% do território do Chile no último sábado, deixando mais de 700 mortos, pode ter alterado o eixo da Terra, fazendo com que os dias passem a ser mais curtos. A conclusão é de cientistas da Nasa (agência espacial americana), mencionados em reportagem da rede CNN. Segundo uma simulação matemática, o eixo foi deslocado oito centímetros.

A mudança é mínima, mas permanente, segundo os cientistas americanos. Cálculos preliminares indicam que os dias ficarão 1,26 microssegundo mais curtos. Um microssegundo, no entanto, é a milionésima parte de um segundo. Portanto, é pouco provável que as pessoas lamentem ter menos tempo a partir de agora.

Segundo uma simulação matemática feita por avançados sistemas de computação pelo geofísico Richard Gross, do Jet Propulsion Laboratory da Califórnia, o terremoto deslocou o eixo terrestre em cerca de oito centímetros. O eixo é a referência de equilíbrio do planeta em relação ao Sol.

A conclusão de Gross já consta no estudo de outro cientista da Nasa. Segundo pesquisa Benjamin Fong Chao, do Goddard Space Flight Center, "qualquer evento planetário que envolva o movimento das massas [terrestres] afeta a rotação da Terra".

Segundo os estudos da Física, um forte terremoto desloca quantidades imensas de rocha, o que acaba alterando a distribuição da massa terrestre. Quando isso acontece, há um impacto direto na velocidade da rotação do planeta. Nesse caso, a Terra passa a dar uma volta em torno de si mesma de maneira mais rápida. Logo, o movimento de rotação (que dura 24 horas ou um dia) acaba ficando levemente mais rápido.

Não é a primeira vez que o dia fica mais curto por conta de um terremoto ou maremoto. O forte tremor de 9,1 graus de intensidade que deu origem ao tsunami que devastou países da Ásia em 2004 deixou o dia 6,4 microssegundos mais curto. Mas o dia também pode ficar mais comprido: quando o reservatório da usina hidrelétrica de Três Gargantas na China (o maior do mundo) estiver completamente cheio, os 40 km cúbicos de água devem também alterar o o volume de massa do planeta. Nesta vez, aumentando o dia em 0.06 microssegundo.

PC@maral comenta: Esses caras não tem o que fazer não? Será que o do Haiti virou a terra de cabeça para baixo e ninguem falou nada pra nós?

***

Fonte: Vi esta noticia, muuuuuito importante, e nem vou dormir direito com tanta preocupação, no R7.com

Um comentário:

  1. Amaral, você ainda duvida que eles não têm o que fazer? Com certeza não têm. (risos)

    Um abraço.

    Lucas M Junior

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.