Header Ads

As bênçãos proferidas no monte Gerizim


Quando há consciência de que servir a Deus é um privilégio, e, por fim, um prazer para o cristão, ainda que diante de todas as dificuldades, que são comuns neste mundo, o cristão tem condições de sustentar sua fé naquele que é Criador e é Todo Poderoso. Prova dessa verdade é o salmista Davi, que disse: “Fui moço, e agora sou velho; contudo, nunca vi desamparado o justo, nem a sua descendência a mendigar o pão” (Sl 37:25). Essas palavras confirmam as bênçãos proferidas no Monte Gerizim, quando Deus prometeu exaltar a todos os que lhe obedecem, que lhe são fiéis.

As palavras “bendito serás” e “bendito o fruto” destacam a providência divina no atendimento às necessidades materiais, havendo segurança e prosperidade para todos, na cidade, no comércio, nas industrias. Os campos férteis seriam garantia de grande colheita, também os animais se multiplicariam no pasto, havendo abundância nos celeiros.

“Bendito serás tu na cidade e bendito serás no campo. Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais, e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas. Bendito o teu cesto e a tua amassadeira.” (Dt 28:3-5)

Sobre as palavras “Bendito o teu cesto e a tua amassadeira”: Os cestos eram usados na colheita das azeitonas e outras frutas, a amassadeira indica um vaso onde a massa era batida. O versículo fala sobre a prosperidade que haveria em cada lar hebreu, e não na nação como um todo, embora isso também fosse verdade. O “cesto” e a “amassadeira”, combinadas, falavam de uma extraordinária prosperidade. Um povo de Israel obediente jamais sofreria escassez de alimentos.

Do ponto vista bíblico, as bênçãos materiais são: 1) prova do amor de Deus em cuidar de seus filhos; 2) resultado de uma vida de obediência e dedicação ao evangelho do senhor Jesus Cristo, conforme Suas palavras: “Buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas (...) não andeis ansiosos pelo dia de amanhã”. Ou seja, o que haveremos de beber, de comer, ou de vestir.

Entretanto, a mais preciosa promessa divina é a Vida Eterna assegurada, através de nosso Senhor Jesus Cristo. Não bastasse essa incomparável bênção, temos o cuidado de Deus, que nos garante a verdadeira prosperidade, que é resultante de uma vida de obediência e não se mede apenas por muito dinheiro, mas, principalmente, pela paz de espírito.


Fonte:
DEC
Paulo Cesar Amaral

5 comentários:

  1. Essa palavra abençoou minha vida nesse início de madrugada, em meio à escassez que estou vivendo. Louvado seja o nome do Senhor.

    ResponderExcluir
  2. Essa palavra abençoou minha vida nesse início de madrugada em meio à escassez em que estou vivendo. Que o Senhor Deus seja exaltado eternamente.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela bela explanação da palavra

    ResponderExcluir
  4. Por experiência própria, descobri que a maior bênção em nossa vida acontece quando decidimos devolver tudo o que pertence a Deus (dízimos)primeiro temos que reconhecer que DEUS é dono de tudo inclusive da nossa vida,mas vejam bem, o dízimo não é sinônimo de salvação, ele faz parte na vida do bom cristão,guardar todos os mandamentos também não é sinônimo de salvação, tudo isso faz parte na vida cristã.Está escrito em s. Marcos Cap.16:16 aquele que crer e for batizado será salvo, aquele porém que não crer será condenado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém Luciano. É verdade. Obrigado pelo comentário no blog. Deus o abençoe! Fica na Paz do Senhor Jesus!

      Excluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.