Header Ads

As bênçãos proferidas no monte Gerizim II


No artigo anterior de "As bênçãos proferidas no monte Gerizim", abordamos os versículos de 3 ao 5 de Deuteronômio 28. Neste, de hoje, vamos abordar a quinta bênção, o versiculo 6, que se refere a atividades efetuadas “dentro” e “fora” da casa. Em outras palavras, ao chegar à casa, os hebreus encontrariam uma família feliz, um lar que, durante o dia, fora livre de acidentes ou de atos de homens ímpios e desvairados, ou de qualquer acontecimento trágico. E, ao “sair” de casa, a fim de ocupar-se nos afazeres da agricultura, do comércio, ou por ter de fazer alguma viagem, um hebreu obediente sentir-se-ia abençoado. Todas as atividades efetuadas fora de casa seriam prósperas.

Isso aconteceria com todos os israelitas que mantivessem a aliança com o Senhor, na obediência e na adoração ao único Deus, honrando ao Senhor, através da devolução dos dízimos e das ofertas. A promessa era esta: “O Senhor mandará que a bênção esteja contigo nos teus celeiros e em tudo que puseres a tua mão; e te abençoará na terra que te der o Senhor, teu Deus” (Dt 28:8). A chave para o derramamento das bênçãos estava na obediência, que era o caminho para a entrada constante na fonte da vida. O Todo Poderoso estava disposto a abrir o seu “bom tesouro”, as janelas dos céus abrir-se-iam para todos os lares, que conservassem a aliança, e, conseqüentemente, a nação de Israel seria próspera. Nesta condição, Israel se tornaria a cabeça de todas as nações, sendo uma jóia preciosa para Deus, uma espécie de “Propriedade peculiar dentre todos os povos”.

"Se atentamente ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que hoje te ordeno, o SENHOR, teu Deus, te exaltará sobre todas as nações da terra. Se ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, virão sobre ti e te alcançarão todas estas bênçãos: Bendito serás tu na cidade e bendito serás no campo. Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais, e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas. Bendito o teu cesto e a tua amassadeira. Bendito serás ao entrares e bendito, ao saíres. O SENHOR fará que sejam derrotados na tua presença os inimigos que se levantarem contra ti; por um caminho, sairão contra ti, mas, por sete caminhos, fugirão da tua presença. O SENHOR determinará que a bênção esteja nos teus celeiros e em tudo o que colocares a mão; e te abençoará na terra que te dá o SENHOR, teu Deus.O SENHOR te constituirá para si em povo santo, como te tem jurado, quando guardares os mandamentos do SENHOR, teu Deus, e andares nos seus caminhos. E todos os povos da terra verão que és chamado pelo nome do SENHOR e terão medo de ti. O SENHOR te dará abundância de bens no fruto do teu ventre, no fruto dos teus animais e no fruto do teu solo, na terra que o SENHOR, sob juramento a teus pais, prometeu dar-te. O SENHOR te abrirá o seu bom tesouro, o céu, para dar chuva à tua terra no seu tempo e para abençoar toda obra das tuas mãos; emprestarás a muitas gentes, porém tu não tomarás emprestado. O SENHOR te porá por cabeça e não por cauda; e só estarás em cima e não debaixo, se obedeceres aos mandamentos do SENHOR, teu Deus, que hoje te ordeno, para os guardar e cumprir. Não te desviarás de todas as palavras que hoje te ordeno, nem para a direita nem para a esquerda, seguindo outros deuses, para os servires." (Dt 28:1-14)

O prazer do Senhor continua sendo o de ver seu povo desfrutando de suas ricas bênçãos, vivendo uma vida de alegria, de paz e de abundância em sua presença, sem perder o alvo da vida eterna, o maior tesouro. As atitudes de infidelidade, de insubmissão à palavra de Deus é que levam o homem a uma condição muitas vezes miserável.

Em toda a história, Deus sempre esteve disposto a fazer uma parceria com o homem; no principio, Deus criou todas as coisas, e, por fim, criou o homem e lhe deu poder para dominar sobre todas as demais coisas criadas, sendo que a condição era que ele fosse fiel.

A igreja de Cristo, nos dias atuais, também tem a mesma responsabilidade de manter esta parceria com o Criador, sendo o alvo de suas bênçãos e comunicando a disposição do Todo Poderoso em transmitir as mesmas bênçãos a todos que se aproximarem e entregarem suas vidas ao Senhor Jesus.

As janelas dos céus estão abertas para todos os que recebem o “vinde” do Mestre amado; os braços do Senhor estão abertos, esperando a todos que desejam vida abundante em sua presença. Mas não podemos nos esquecer da parte que nos cabe: “Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele e ele tudo fará” (Sl 37:5).


Fonte:
DEC
Paulo Cesar Amaral

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.