Header Ads

Quando o Cristianismo é Simples, mas Indispensável.


Vós sois o sal da terra;ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens. (Mt 5:13)

Muitas verdades reveladas por Jesus estão contidas, de forma surpreendente, na metáfora que fez, comparando seus discípulos como sal da terra: Vós sois o sal da terra. Todo mundo conhece o sal. O termo salário vem do tempo em que muitos recebiam o pagamento em forma de sal. Porém, mais do que sabermos sobre estas verdades, é preciso que a vivamos. O Cristianismo só tem valor quando deixa de ser apenas discutido e passa a ser praticado.

O sal exerce uma função invisível: Se tão somente olharmos para um alimento, não saberemos se contém sal. A certeza virá após provarmos o alimento. Isso nos ensina que, de tudo o que fazemos para Deus, nada tem valor espiritual, se for feito com orgulho pessoal, com desejo de um elogio, por menor que seja. A glória, a honra, a adoração e o poder pertencem exclusivamente a Deus.

O sal é medicinal: Usado na medida certa, constitui-se algo essencial para as nossas vidas. Mas tanto a sua escassez quanto o seu excesso podem ser prejudiciais. Em nossos dias, devemos ser o sal na medida certa. Muitas pessoas necessitam ser curadas; logo, se nossas palavras e nossos atos, ou mesmo, em alguns casos, o nosso próprio silêncio forem praticados com sabedoria e humildade, estaremos contribuindo parta a saúde integral das pessoas.

O sal desperta a sede: O alimento com sal produz sede. Neste mesmo sentido, se o Cristianismo que vivemos for o mesmo vivido e pregado por Cristo, com toda certeza, as pessoas que nos vêem e convivem conosco serão atraídas pela beleza da nossa vida e desejarão estar perto de nós, pois terão sede de estar conosco e procurarão nos imitar.

O sal desperta o sabor: Um alimento insosso é desagradável, mas o que é temperado com sal, na medida certa, é agradável ao paladar. Semelhantemente, quando ajudamos as pessoas, especialmente as que estão mais próximas de nós, quando vencemos o egoísmo, quando construímos pontes, ao invés de erguermos muros, quando nos preocupamos com a felicidade ou com o sorriso do nosso próximo, estamos dando sabor à vida.

O sal conserva: Em muitos lugares, o sal ainda é utilizado como conservante. Da mesma forma, se as nossas orações forem freqüentes, se a palavra de Deus for semeada por nós com coragem, se proclamarmos as promessas eternas, se a nossa vida for cheia do amor de Deus, e se permitirmos que o Cristo ressuscitado viva em nossas vidas, estará conservando o mundo, do pecado, do mal e da morte eterna.

Deus não deseja que sejamos o diamante, a prata ou o ouro do mundo; ele quer que sejamos tão somente o sal da terra.

Louvado e exaltado seja o nome do Senhor Jesus Cristo!

Aleluias! Glórias a Deus!

***

Fonte: Devocional de autoria do Pr Elias Alves Ferreira – adaptado e divulgado no PC@maral

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.