Header Ads

Deus Trata Conosco Individualmente


Deus falou com Noé, Abraão, Moisés e com reis, profetas e sacerdotes. Jesus tratou com os doze apóstolos, dando especial atenção a Pedro, a João e a Tiago. Depois tratou com Paulo de maneira exclusiva única e especial. Da mesma forma, o Espírito Santo, tendo tratado com Paulo e com outros discípulos nos primórdios da igreja, falou, depois, com os grandes servos de Deus da Idade Média e com os dedicados arautos da Era Moderna.

Da mesma forma, Jesus está tratando comigo e com você individualmente, para que sua ordem seja obedecida e cumprida. Se você é líder, a sua responsabilidade é ainda maior, pois os ruídos deste século atrapalham as mensagens espirituais do Senhor que pode levar a igreja ao último e grande impulso para a conquista das últimas fronteiras.

Pensemos um pouco em João 15:17: “Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito”. A salvação é pessoal. Ninguém vai para o coração de Jesus agarrado na gola do outro. O compromisso e o relacionamento com Jesus são individuais. Meu irmão não pode responder o que Jesus está requerendo de mim. Jesus fala sobre comunhão e compromisso intrínseco de cada servo com Ele. Ou as palavras Dele estão em mim ou não. Não existe meio termo na realidade espiritual.

Quando pensamos e agimos em termos responsabilidade de grupo, somos tentados a excluir-nos deixando todos os trabalhos por conta dos outros irmãos, dos líderes e dos pastores. Como na inauguração de uma ponte ou de uma grande obra, em que muitos políticos se concentram para ganharem visibilidade, o ser humano tem a natural tendência de não querer pagar o preço da dura execução da tarefa, mas somente de participar da comemoração da vitória e de usufruir dos resultados.

Na obra de Deus não é assim, e não será assim. Somente os participantes comemorarão a vitória e se deliciarão nos resultados inerentes à conquista. Entenda-se por “participantes” os que “estão em Cristo” como novas criaturas, que não conseguem ficar fora dessa excitante tarefa, que é buscar os perdidos.

A única maneira de alcançar cada grupo humano é agir conscientemente em cima da ordem de Jesus, que é dada para mim. Por isso, a responsabilidade de evangelizar é minha.

***

PC@maral

Um comentário:

  1. Caro irmão. Sem dúvida o Senhor nos conhece enquanto indivíduo. E não é maravilhoso este privilégio? Não há nada de feio na individualidade, e sim no individualismo. Aqui lembro Goethe, que disse "o maior mistério é o indivíduo".
    Deus te abençõe a cada dia!

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.