Header Ads

Toda Autoridade é Concedida por Deus!

A Orientação de Deus – Orar pelos que nos Governam

Às vésperas das eleições no Brasil [3], o cenário não é nada animador [tirando os candidatos animados]. Creio que nunca ficamos tão em dúvida em quem vamos votar do que nestes últimos dias. No Brasil a corrupção toma conta do cenário político, a desconfiança na moral e na idoneidade dos candidatos é generalizada. A arrogância de alguns homens que ocupam cargos no governo, chega a ser indecente. Existe uma falência generalizada das instituições, e a impunidade corre solta. Não podemos mais confiar apenas na imagem daquele ou do outro candidato a um cargo público. Devemos ir mais fundo e investigar a situação em que se encontram, pois não cansamos de ouvir noticias de pessoas respondendo processos criminais lançando suas candidaturas ao governo.

A nossa responsabilidade é muito grande. O povo brasileiro precisa parar de se vender. O povo brasileiro precisa acabar de vez com essa maldita “lei de Gerson” onde o que importa é levar vantagem em tudo. O povo brasileiro precisa urgentemente lutar por educação, saúde, moradia, exigir seus direitos constitucionais. Para isso é que existe o voto, que elege seus representantes. Não para ganhar um saco de cimento, um quilo de feijão, um emprego, mas para participar ativamente do crescimento do país, para fazer parte da história como alguém que contribuiu para a melhora e o avanço nas condições de vida da população como um todo.

Hoje o civismo, o amor pela nação não é mais encontrado. Foi substituído pelo “eu quero é me arrumar na vida”. A motivação principal, [que eles deixam claro logo depois que são eleitos] que deveria ser, contribuir para que o país cresça e se fortaleça em todas as áreas, foi substituída por um imenso cabide de empregos e planos mirabolantes para fraudar e fraudar cada vez mais. Não estou declarando aqui que não existam mais pessoas sérias que lutam pela nação, existem sim, e lutam por ideais aceitáveis, mas não podemos mais fechar os nossos olhos e simplesmente dizer que eles não podem fazer nada, pois toda a “máquina esta corrompida”. Ora, elegemos pessoas para resolverem os problemas da nação, administrar o país, se não correspondem a função e ao cargo, da mesma forma como foram eleitos pelo povo, podem ser cassados e retirados, dando lugar a quem realmente se interessa e quer um futuro melhor para o país.

Em meio a essa multidão de dúvidas e pensamentos humanos, muitas vezes nos esquecemos da orientação Bíblica que nos diz; Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranqüila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, (I Tm 2:1-3).

É obrigação do crente em Jesus, não só em tempo de eleições, mas em todo tempo, reservar espaço para nossos governantes em suas orações. Eu mesmo confesso tenho sido negligente nesse ponto, espero com a ajuda do Espírito Santo, mudar minha atitude e interceder também nesse tema tão importante a fim de que todos sejam igualmente abençoados por Deus.

Que Deus nos ajude neste domingo de eleições e que possamos escolher bem e os homens que irão governar o Brasil.


Deus nos abençoe!

***

PC@maral

3 comentários:

  1. Acho que o pior lugar de conscientização política está dentro das igrejas. É como se fosse pecado falar, gostar, se interessar por política! Tudo bem que hora de falar em política não é na hora do culto e nem apenas para pedir voto, mas esse povo precisa se conscientizar, assistir a palestras, sei lá. Mas, algo do tipo conscientização mesmo, um exercício de cidadania e não de politicagem em época de campanha.

    ResponderExcluir
  2. Amana

    Os crentes em Jesus estão no mundo. Como Jesus mesmo disse ao Pai, "Não peço que os tire do mundo mas que os proteja do mal". Politica e culto não combinam, mas estar informado quanto aos candidatos e politicos que administram o nosso país também é uma forma do cristão salgar o mundo, mostrar a diferença. Infelizmente, alguns politicos evangélicos não tem salgado nada, muito pelo contrario.

    Informação nunca é demais - "analisai todas as coisas e retende o que é bom."

    Na hora de votar o crente tem votar com a razão e usar como base a justiça de Deus. Sem misturar igreja e politica.

    Obrigado pelo seu comentário, só vem a enrriquecer o artigo.

    Que Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  3. Caro PC,

    Não obstante, quero também pensar sobre o outro lado da moeda:

    http://ideiasprotestantes.blogspot.com/2010/10/eleicoes-2010-os-politicos-e-partidos-e.html

    Um forte abraço.
    Marcos Sampaio

    http://ideiasprotestantes.blogspot.com

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.