Header Ads

A Extinção Do Mal

As Escrituras dão como origem do mal a rebelião de um anjo que ocorreu no céu, numa época anterior ao pecado de Adão. Rebelando-se contra Deus, este anjo acabou por influenciar a terça parte dos anjos, com os quais foi expulso do céu por Deus (2 Pd 2:4; Jd 6), vindo para a terra. Aqui, já no Éden, Satanás enganou o primeiro casal, que também se tornou pecador, bem como toda a sua descendência (Rm 5:12). Estabeleceu se, assim, o conflito entre o bem e o mal (Gn 3:15).

Antes de ir adiante, vale a pena lembrar que os seres angelicais, que, agora, são maus, foram criados por Deus como anjos bons (Gn 1:31). Eles eram bons, mas eram também livres. Livres tanto para obedecer quanto para desobedecer a Deus. E foi a desobediência que os tornou maus. Na verdade, não apenas os anjos, mas tudo que Deus criou era bom. O primeiro capítulo de Gênesis afirma isso cinco vezes (1:10, 12, 18, 25, 31). Foram as quedas (a dos seres angelicais e a dos seres humanos) que trouxeram caos.

O que fez os anjos caírem? A sua exaltação diante de Deus e a sua aspiração à autoridade suprema (Ez 28:2,12-17; Is 14:4,12-15). O mal, representado por Satanás e seus seguidores, uma vez estabelecido na terra, passou a operar através dos séculos, tendo como objetivo dificultar e destruir a obra de Deus. Ele faz isso especialmente tentando as pessoas. Jesus Cristo teve de lutar contra essas forças do mal (Mt 4:1-11) e seus apóstolos nos advertiram a respeito delas (Ef 6:10-17). São seres poderosos, ardilosos e influentes, mas a sua atuação é sempre limitada pela soberania de Deus (Jó 1:1; Mt 12:29; Ap 20:2). Além do mais, sendo fortalecidos no Senhor e na força do seu poder (Ef 6:11), podemos resistir-lhes firmemente.

A nossa luta contra essas hostes da maldade não é uma luta sem fim. O príncipe deste mundo já está julgado (Jo 16:11b). E o Deus da paz, em breve, esmagará debaixo dos vossos pés a Satanás (Rm 16:20a). Ele já reservou um dia em que há de punir com severo castigo, não somente ele, mas também a besta, o falso profeta, a morte, o inferno e todos aqueles que seguem suas orientações. A Bíblia ensina que isso irá ocorrer depois do milênio, como nos mostra, muito claramente, o capítulo 20, versículos 7 a 10 e 14 a 15. Ela diz que Deus os lançará para dentro do lago de fogo.

Mas não se deve ver, nesse lago, um lugar de tortura eterna. Deus não os torturará interminavelmente. A Bíblia ensina que, para punir aqueles que pecam, ele utiliza não a tortura, mas a morte (Lv 10:1-2; At 5:1-10). E isso é assim desde que ocorreu o primeiro pecado. A tortura não combina com a justiça de Deus, um dos seus atributos. Sendo assim, Deus não os atormentará eternamente, mas os aniquilará, isto é, os destruirá totalmente. Isso significa que o mal não é eterno, porque teve princípio; e tudo que tem princípio tem fim.

O Deus que nos deu uma nova vida nos dará novos céus e nova terra, nos quais habita justiça (2 Pe 3:13b), e não mais existirão o diabo, o falso profeta, a besta, a morte, o inferno, o ímpio. Sendo assim, não se atormente por causa daquele que anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar (1 Pd 5:8b). Seja apenas vigilante e resistente (1 Pd 5:8a – 9b). De igual modo, não se indigne por causa dos malfeitores, nem tenha inveja dos que praticam a iniquidade (Sl 37:1), pois eles dentro em breve definharão como a relva e murcharão como a erva verde (Sl 37:2). Apenas confie no Senhor e faça o bem (Sl 37:3).
***

DEC - PC@maral

TEXTOS RELACIONADOS:

As Ressurreições: http://blogdopcamaral.blogspot.com/2010/03/as-ressurreicoes.html
O que a Bíblia Ensina sobre O Milênio: http://blogdopcamaral.blogspot.com/2010/11/o-que-biblia-ensina-sobre-o-milenio.html
A Minha Crença Sobre O Milênio: http://blogdopcamaral.blogspot.com/2010/11/minha-crenca-sobre-o-milenio.html
A Vinda de Jesus: http://blogdopcamaral.blogspot.com/2010/03/vinda-de-jesus.html

2 comentários:

  1. Otimo artigo ...

    Copiado com os devidos créditos

    ResponderExcluir
  2. Marcony

    Fique sempre a vontade. Deus te abençoe meu querido irmão!

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.