Header Ads

Ordenanças de Jesus - O Batismo por Imersão

O batismo cristão instituído por Jesus estava intimamente ligado ao batismo feito por João Batista. Este sempre relacionava o batismo ao arrependimento dos pecados, em virtude de o reino de Deus estar próximo (Mt 3:2,7-12). E Jesus reconheceu a autoridade conferida por Deus a esse profeta (Mt 21:25) e a importância da cerimônia que ele realizava. A prova disso é que Cristo foi batizado por João (Mt 3:13-17), mostrando que se identificava com os pecadores, mesmo não tendo pecado algum. De fato, ele não necessitava ser batizado, mas deu esta explicação: ... porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça (Mt 3:15). Tal atitude nos serve de exemplo.

Sabemos que, ainda no início de seu ministério terreno, Jesus autorizou seus discípulos a batizarem (Jo 3:22; 4:22). E após a ressurreição, ordenou-lhes sair pelo mundo inteiro evangelizando e batizando os que aceitassem as boas novas (Mt 28:18-19). A partir daí, e em todo o Novo Testamento, observa-se a igreja em pleno cumprimento dessa ordem. A igreja primitiva não concebia a ideia de alguém se converter a Cristo e ficar sem o batismo. Por isso, depois do sermão de Pedro, no dia de Pentecoste, quase três mil pessoas aceitaram a fé e foram batizadas (At 2:38-41). Perceba que, no livro de Atos, o batismo tem lugar de destaque (At 2:38,41, 8:12,13,36, 9:18, 10:48, 16:15,33, 18:8, 19:5). Tanto o batismo de João quanto o que foi ordenado por Jesus estão relacionados à mudança de vida (Lc 3:7-14; Jo 1:23; Mt 3:7-8). Na Bíblia, o batismo está associado a arrependimento e perdão (At 2:38, 22:16). Mas é bom que se diga: o batismo não perdoa nem salva ninguém. A salvação é pela fé no sacrifício de Cristo. Contudo, o batismo deve ser sempre precedido pelo arrependimento e pela conversão (At 8:36-38). Ele é a demonstração externa daquilo que já ocorreu em nosso interior. Esse ato evidencia a decisão pessoal de alguém em seguir a Cristo.

A palavra “batismo, em seu sentido original, significa “mergulhar” ou “imergir” [MOULTON, H. K. Léxico Grego Analítico. São Paulo: Cultura Cristã, 2007 pag. 70]. Há quem, equivocadamente, faça o batismo por aspersão ou por efusão, isto é, borrifando ou derramando água sobre o batizando. Sobre isso, vale dizer o seguinte: na língua grega, existem palavras específicas para “aspergir” e para “derramar”, mas, em momento algum, essas palavras são usadas em relação ao batismo [RYRIE, Charles Caldwell. Teologia Básica ao alcance de todos. Trad. Jarbas Aragão. São Paulo: Mundo Cristão, 2004 pag.492].
O batismo bíblico é sempre por imersão em água. E essa maneira de realizá-lo representa três fatos espirituais: a morte, o sepultamento e a ressurreição (Rm 6:1-4). O crente morre para o mundo, é sepultado e ressuscitado para uma nova vida com Deus e para Deus. De acordo com Bíblia, o batismo deve ser ministrado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (Mt 28:19).
Biblicamente, sabemos também que não é correto batizar crianças, pois, para uma pessoa ser batizada, é preciso ter a capacidade de exercer fé de forma consciente (Mc 16:16) e produzir frutos dignos de arrependimento (Lc 3:8). O batismo é o símbolo da mudança ocorrida na vida do pecador. Nele, o cristão torna pública sua fé em Cristo (1 Pe 3:21; At 8:37) e reconhece o senhorio de Jesus em todas as áreas de seu viver. Esse ato tem a ver com a união do crente com seu Senhor ressurreto. É demonstração da disposição de viver submisso a Jesus e à sua santa palavra.

O batismo de um novo convertido deve ser motivo de alegria para toda a igreja. É mais uma vida que foi resgatada e que, conscientemente, dá testemunho público de sua fé. Se você ainda não é batizado nas águas, não fique indeciso; a vida com Cristo é garantia infalível de vida eterna. Renuncie o mundo e não deixe nada ficar entre você e Jesus. Peça para ser batizado na próxima oportunidade. Mas você, que já é batizado, sabe que os não são salvos precisam ser evangelizados, para serem batizados. O que você pode fazer para ajudar essas pessoas a encontrarem o caminho para a vida eterna?
***

DEC - PC@maral

3 comentários:

  1. Vejo que você se utiliza de imagens com direitos autorais reservados, como a imagem de Cristo sendo batizado por imersão por João Batista. Esta imagem tem direitos autorais em nome de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, você conseguiu autorização para usá-la? Grata.

    ResponderExcluir
  2. LuluDangelo

    A imagem encontrei no Google. Não sabia que tinha restrições. É provável que tenha pego de outro site que a copiou do site original pois haviam outras de tamanhos diferentes.

    Já retirei a figura do texto e peço desculpas pelo ocorrido.

    ResponderExcluir
  3. LuluDangelo

    Encontrei neste link, e haviam diversos tamanhos.

    http://www.google.com.br/images?q=A+Igreja+de+Jesus+Cristo+dos+Santos+dos+%C3%9Altimos+Dias&um=1&hl=pt-BR&client=firefox-a&sa=G&rls=org.mozilla:pt-BR:official&tbs=isch:1,simg:CAISEgn5JekuYOsrYSGz9BwthnbZ6Q,sit:o&iact=hc&vpx=739&vpy=453&dur=4990&hovh=194&hovw=259&tx=97&ty=278&ei=QJ1ETcivLc_TgAfWotjGAQ&oei=o5pETd_1JYHEgAfu6Z3NAQ&esq=28&page=1&tbnh=134&tbnw=171&ved=1t:722,r:43,s:0&biw=1680&bih=869

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.