Header Ads

Eles aprenderam com Cristo.

Por Pr. Fernando Duarte

“Certo dia Pedro e João estavam subindo ao templo na hora da oração, às três horas da tarde. Estava sendo levado para a porta do templo chamada Formosa um aleijado de nascença, que ali era colocado todos os dias para pedir esmolas aos que entravam no templo. Vendo que Pedro e João iam entrar no pátio do templo, pediu-lhes esmola. Pedro e João olharam bem para ele e, então, Pedro disse: “Olhe para nós!” O homem olhou para eles com atenção, esperando receber deles alguma coisa. Disse Pedro: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isto lhe dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, ande”. Segurando-o pela mão direita, ajudou-o a levantar-se, e imediatamente os pés e os tornozelos do homem ficaram firmes. E de um salto pôs-se em pé e começou a andar. Depois entrou com eles no pátio do templo, andando, saltando e louvando a Deus. Quando todo o povo o viu andando e louvando a Deus, reconheceu que era ele o mesmo homem que costumava mendigar sentado à porta do templo chamada Formosa. Todos ficaram perplexos e muito admirados com o que lhe tinha acontecido”. Atos 3.1-10.

Como é maravilhosa a descrição desse milagre, assim os discípulos demonstraram por meio de certas atitudes, que compreenderam o que era seguir o mestre.

-Olhar: Uma das primeiras atitudes tomadas por Pedro foi pedir que o paralítico olha-se para ele: essa atitude demonstra igualdade, afetividade e carinho. Cristo sempre olhava os homens e mulheres com amor (Mc.10.21). As pessoas precisam ser assistidas, como é bom saber que alguém está cuidando de você mesmo que seja somente pelo olhar.

-Falar: Não tendo aquilo que o homem desejava Pedro e João não ficam indiferentes para com aquele pedido. Uma palavra “pode curar uma pessoa”. Eles disseram: “não temos ouro nem prata, mas o que temos iremos te dar. Em nome de Jesus. O Nazareno”... Quantos dentro de nossas casas estão esperando uma só palavra e uma conversa. O diálogo quebra barreiras impostas pela posição, pela brigas, pelos erros cometidos e pelas diferenças. Quantas pessoas ou até mesmos os nossos filhos estão clamando também por uma “esmola de diálogo, de um tempo de atenção”, o mundo clama por atenção, estamos vivendo literalmente um ditado muito conhecido em que se diz “cada um por si e Deus por todos”. Jesus tinha tempo para dialogar com as pessoas, Ele atendeu a Nicodemos (João 3;4) e a mulher Samaritana. (Lc 4.8) Jesus era o modelo ser seguido pelos discípulos que agora colocam em prática o ensinamento de Cristo de uma maneira brilhante.

-Tocar: Essa era uma postura que trazia muitos problemas para um Judeu. Pela lei, tocar em coisa ou pessoa impura era suficiente para tornar impuro aquele que tocou. Mas Pedro, assim como Cristo, rompe esta barreira imposta pela lei. (Mc 5.21-43) Jesus permitia que os impuros o tocassem, e também tocava naqueles que eram considerados impuros. Ao tocar nas pessoas Jesus rompia as barreiras da discriminação, em vez de ficar impuro, Ele as tornava pura. Que maravilha esta lição! Existem muitas pessoas precisando de um toque abençoador. Quando tocamos em alguém demonstramos para aquela pessoa que ela tem valor para nós. Um gesto simples que ressuscita o valor da vida.

-Levantar: Uma ação muito simples, mas que faz grandes diferenças na vida de uma pessoa. Como é difícil ter alguém para estender a mão, para mostrar para nós que podemos ser ajudados, e está foi à atitude de Pedro. “Tomou-o pela mão e o levantou...” Ele estende a sua mão ao paralítico e o ajuda a levantar. Mostrando com essa atitude que estava vendo a sua situação, mas também pronto para estender a mão. Hoje infelizmente estamos vendo as coisas acontecerem, sabemos dos problemas, das dificuldades daquele a quem chamamos de irmão, mas só temos a capacidade de dizer para ele: Deus te ajude. Isso não basta para aqueles que estão caídos, é necessário que estendamos as mãos e o ajudemos a ficar de pé.

-Caminhar Junto: A última atitude feita por Pedro e João possui uma grande importância para todos nós. Às vezes queremos que as pessoas, que os nossos filhos e amigos, venham para onde estamos, mas não paramos para olhar, falar, tocar, levantar... Somente desta maneira teremos a possibilidade de contribuir para todos aqueles que um dia dependeram de nós. Jesus Cristo sempre nos assistiu, em qualquer momento de nossa vida tenha a certeza que o Mestre nunca deixará de te olhar, tocar, levantar e te fazer caminhar junto d’Ele. E com toda a certeza, essa é também a atitude que Ele requer de todos os que o amam e seguem os seus caminhos.
***

Fonte: Sou da Promessa compartilhado no PC@maral

2 comentários:

  1. A paz e graça do senhor Jesus, Bênção do Senhor ...

    Parabéns pelo seu blog. é mais um instrumento para levarmos a palavra de Deus aos leigos.

    Estou seguindo o seu blog, se quiser seguir o meu também, fique à vontade.
    Se quiser trocar banner formando parceria, é só me avisar.

    Fk na santa paz de Jesus. Deus é conosco!

    www.oguardadeisrael.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Seja Bem Vindo Aldo

    Vou sim olhar seu blog e claro, podemos trocar Banners.

    Amanhã fazemos isso Ok?

    Deus te abençoe!

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.