Header Ads

Quando Deus nos manda contar estrelas

Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência. (Gênesis 15:5)

Por Claudia dos Santos Duarte

Ninguém gosta de se sentir inseguro ou perdido. Acredito que uma das piores sensações humanas é a de caminhar num determinado local em que não se sabe para onde vai. Ou de andar num lugar que não inspire qualquer confiança. Hoje nós vamos observar um momento em que Deus anima e dá certezas a um grande homem, chamado Abrão. Essa história está registrada no livro de Gênesis, capítulo 15, versículos 1 ao 6.

O versículo primeiro afirma: Depois destes acontecimentos: Quais acontecimentos? Vamos ver nos capítulos anteriores. Coisas ruins: fome e fuga para o Egito – 12:10, mentira no Egito por causa de Sara – 10:13, briga dos seus servos com os servos de Ló – 13:7, separação de Ló – 13:9, guerra com quatro reis – 14:12-17. Coisas boas: promessa de uma terra – 13:14-15, e é abençoado por Melquisedeque quando oferece o dízimo – 14:18-24.

Igualzinho a nós, que vivenciamos e alternamos bons e maus momentos: passamos na faculdade, mas enfrentamos o desemprego. Temos uma família, mas essa família não é tão perfeita como imaginávamos. Vivenciamos a alegria do nascimento de um bebê e também a profunda tristeza pela morte de alguém muito querido. Todas essas situações podem nos deixar inseguros e confusos.

Com relação a esses acontecimentos, podemos observar que Deus falou com Abraão e com certeza falará conosco, não permitindo que sejamos confundidos (v.1). O Senhor pode falar conosco seja na oração, por meio de um louvor, mas principalmente, através de sua Palavra! Essa Palavra vai revelar o cuidado de Deus para com a nossa vida – “Não temas”. Podemos sempre ter a convicção de que Deus cuida de nós melhor do que cuida das aves, ou do que o lírio do campo. A palavra de Deus também vai enfatizar a proteção Que o Senhor nos concede. Dá para andar nesses dias em que todos os governadores estão prometendo segurança? Mas Deus é nosso escudo. Ele nos cerca por trás, por diante. Nossas vida estão nas mãos do Deus vivo. Não precisamos temer o diabo, nem o mundo. Outro aspecto importante mencionado nessa palavra que o Senhor falou para Abrão e que também é para as nossas vidas é que Ele é um Deus que permite que caminhemos em vitória.

No entanto, num primeiro momento Abraão põe barreiras. Deus promete, mas ele não crê. Ele fala para o Senhor: Eu não tenho filhos. Meu herdeiro será Eliezer. Mas o objetivo de Deus para cada um de nós é que possamos ultrapassar as nossas limitações. Vamos enfrentar nossos medos interiores. Ousemos crer na palavra de Deus. Não olhemos as circunstâncias, por mais que elas sejam adversas: “Não tem gente. Não vai dá. Não tenho tempo. Estou muito ocupado.” Quantas limitações nós temos colocado diante de Deus! Mas o Senhor resolve esse problema de uma forma amorosa: no verso 4, Ele remove as limitações de Abrão, e as nossas também; no verso 5, Deus nos conduz para fora: Abraão estava dentro de uma tenda. Ele está cercado por paredes de pano. Ele olha pro chão e vê um tapete. A visão dele está limitada por aquelas circunstâncias. Nós olhamos e só vemos problemas. Então, Deus pega você pela mão e tira você da sua tenda. Além disso, Deus manda você levantar a cabeça: Abraão saiu da tenda e não ficou olhando para baixo. Ele olhou para o céu. Abramos os olhos e levantemos as nossas cabeças. Assim veremos que os problemas não são tão grandes como pensávamos. Por fim, Deus manda Abraão erguer a cabeça e começar a contar estrelas. Comecemos a contar as estrelas. Nunca conseguiremos contar o que Deus vai fazer nas nossas vidas, pois ele tem muito mais do que podemos pensar ou mesmo imaginar.

Abraão creu em Deus. Ele já era muito velho, ele não podia mais ser pai. Sara já era idosa e estéril. Mas para Deus não há impossíveis. Ele chama à existência as coisas que não existem. Abraão esperou contra a esperança. Ele creu no impossível. Ele venceu seus limites. Ele saiu da tenda. Ele saiu da incredulidade. Ele transportou o seu monte. Ele viu o invisível. Nada é impossível ao que crê.

Qual é o segredo da vida de Abraão? É que ele creu em Deus incondicionalmente. E foi justamente essa fé em Deus que permitiu que ele fosse mais do que vencedor e visse os projetos de Deus se cumprirem na sua vida.

Que a nossa fé em Cristo seja a cada dia mais firme e abundante!!!


Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.