Header Ads

A natureza do escorpião - O Mestre e o Escorpião

Ao homem herege, depois de uma e outra admoestação, evita-o, (Tito 3:10)


Um mestre oriental viu um escorpião que se afogava e decidiu tirá-lo da água, mas quando o fez, o escorpião lhe picou. Como reação à dor, o mestre soltou-o e o animal caiu na água e, de novo, estava se afogando. O mestre tentou tirá-lo outra vez, e novamente o escorpião o picou. Alguém que tinha observado tudo, aproximou-se do mestre e disse: - Perdão, mas você é muito teimoso! Não entende que cada vez que tentar tirá-lo da água, ele o picará?
O mestre respondeu: - A natureza do escorpião é picar e isso não muda a minha natureza, que é ajudar. Então, com a ajuda de um ramo, o mestre retirou o escorpião da água e salvou-lhe a vida.
Assim como na fábula, na vida real existem pessoas como os "escorpiões". Essas pessoas pedem oportunidades e quando menos esperamos nos ferem, nos machucam, nos enganam com seu "papo amigo" e envolvente. Mostram uma atitude de piedade mas negam a eficácia dela. Mas assim que são descobertos pedem desculpas e clamam por perdão, dão dois passos para trás e um para frente... Fazem com tanta eloquência que acabamos nos convencendo de que devemos perdoá-los. Grande erro, mal viramos as costas, em um momento de distração nos dá outra ferroada, tão dolorosa como a primeira. Não negam, assim, a sua natureza.

O conselho é bem simples: Não mude a sua natureza se alguém lhe magoar, apenas tome as devidas precauções.

PC@maral

2 comentários:

  1. Magnífico!
    Eu entendo o perdão verdadeiro não como uma palavra da boca pra fora, mas um processo que só se conclui com a ajuda e ação do Espírito Santo em nós, porém, em alguns casos, mesmo que tenhamos verdadeiramente perdoado algumas pessoas, talvez seja melhor não manter tanta intimidade pois pela natureza desta, poderia nos magoar novamente ou voltar a cometer o erro. vide Romanos 12.18: Se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens.
    Notemos o "Se possível" e "quando depender de vós".

    Gostei muito do assunto abordado, parabéns.

    edimarcristo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Edimar, a Paz do Senhor

    Deus nos manda "Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. (Colossenses 3:13) - Deus nos orienta que suportemos a falha de algum irmão que insiste no erro e nos ordena que perdoemos apesar da ofensa.

    Confesso que é muito dificil, mas sabemos que não é impossível, e a nossa tarefa é ser igual a Cristo. Revelar o carater Dele em nossa vida.

    Esses "irmãos" irão nos magoar vez por outra, existem naturezas assim, demoram para entender o real sentido de ser cristão. Trazem uma bagagem de sua antiga vida. Por isso o conselho final do texto é simples mas de grande importancia: Não mude a sua natureza se alguém lhe magoar, apenas tome as devidas precauções.

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.