Header Ads

Nós Cristãos devemos Julgar? [2]

 "NÃO julgueis, para que não sejais julgados." 
(Mateus 7 : 1)



Ao contrário do que ensina a doutrina podre pregada por falsos profetas, o cristão é convidado não somente a pregar o verdadeiro Evangelho mas também a refutar[1] os falsos ensinamentos, fazendo julgamento justo dos que insistem em se opor a sã doutrina. Portanto, não se trata de uma escolha do crente oferecer oposição aos ventos de doutrina, mas uma obrigação. Quem se omite ou se cala vai de encontro ao desejo do Deus Santo.

Se alguns insistem em repetir a ladainha fora de contexto do "não julgueis para não ser julgados" , acusando de rebeldia os que apontam erros de falsos profetas, que saibam estes que estão, eles mesmos, em rebeldia não para com homens, mas para com o próprio Deus.

[1] refutar = combater com argumentos que provam o contrário.

+ SOBRE O JULGAMENTO CRISTÃO

***

Do Josemar Bessa publicado no Genizah

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.