Header Ads

Trindade infernal

Infidelidade, corrupção e terror. Apenas uma destas situações já causa enormes estragos, imagine as três juntas, é infernal.

Por Edmilson Ferreira Mendes
Apesar do ambiente financeiro europeu estar causando pânico nas economias de todo mundo, continuamos ouvindo que a qualidade de vida aumentou, os carros melhoraram, os pobres consomem mais e todos são livres para fazer o que quiser. No entanto, paradoxalmente, as mais estranhas neuras e maluquices se avolumam dia após dia.

Infidelidade, corrupção e terror são as três chamadas de capa da Veja desta semana. Com apenas três palavras a revista sintetizou a realidade infernal com a qual convivemos. O terror foca no recente atentado a bomba no centro de Oslo, capital da Noruega. A corrupção fala sobre os artifícios que nos roubam sistematicamente. A infidelidade revela os dramas e separações de casais e famílias por conta do sexo na internet. Ué? E a tal modernidade? E a independência soberba que o homem insiste em ter de Deus, não está resolvendo? Não, não está.

O cardápio para nos entreter e fazer o inferno parecer céu é amplo: novelas, filmes, futebol, corrida, copa, olimpíada, sites eróticos, festinhas proibidas, moda, bares, jogos, bebidas, carros, pacotes de viagem, redes sociais, especialização atrás de especialização, enfim, tudo bacana. Mas tudo convivendo com infidelidade, corrupção e terror.

A lista do cardápio acima é boa. Nada contra, gosto é gosto. O problema é que cada vez mais consumidores destas listas estão enfrentando depressões, síndromes e doenças inexplicáveis. Como um mundo com listas aparentemente tão boas ainda enfrenta infidelidade, corrupção e terror? Pode me chamar de simplista, tudo bem, mas falta Deus na equação. Não estes deuses dos cristais, das cartas, dos horóscopos, das adivinhações, das cachoeiras, das montanhas, das árvores, não estes, afinal, estes têm feito milhares de cabeças desta geração e são comprados como espiritualidade filosófica moderna. O Deus que tem sido subtraído é o Deus da Bíblia e, com Ele, os seus mandamentos.

O resultado é lamentável. Jovens cada vez mais insubmissos a pais, professores e autoridades. Pais cada vez mais frios e distantes. Casais cada vez mais cansados da própria família. Políticos cada vez mais descarados. Bandidos cada vez mais gratuitamente violentos. Ou seja, tecnologias melhoram, ciências avançam, materialismo e racionalismo vão fincando bandeiras, mas a alma continua seca, vazia, fria. Esta é a história que as mídias escrevem sem perceber, pois todo progresso sem Deus leva invariavelmente a trindades como essa: infidelidade, corrupção e terror.

Elimine a infidelidade com o Deus Fiel. Elimine a corrupção com o Justo Juiz. Elimine o terror com o Príncipe da Paz. Eis a autêntica e única trindade capaz de frear as trindades infernais que sofremos. Volte-se para o Pai, o Filho e o Espírito, único caminho para redimirmos as terríveis notícias de capa da nossa história.

Paz!
***
Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: ''Adolescência Virtual'', ''Por que esta geração não acorda?'', ''Caminhos'' e ''Aliança''.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.