Header Ads

Candidata desiste de reality show da Record por causa da sua religião

Texto de Mauricio Stycer publicado originalmente na Folha.com

Comandado pela ex-modelo Ana Hickmann, o programa “Tudo É Possível” estreou um reality show neste domingo cuja maior novidade anunciada pela Record era o fato de se passar dentro da casa da própria apresentadora.

As dez mulheres confinadas numa mansão de Hickmann em Itu vão disputar uma série de provas com o objetivo de escolher uma delas para ser repórter do programa.

A novidade do quadro acabou sendo outra. Uma das candidatas selecionadas, Wasthí de Castro, de 25 anos, foi levada a desistir depois de dois dias de confinamento. Adventista do Sétimo Dia, ela se disse impedida de participar de uma festa na sexta-feira à noite e de competir numa prova realizada no sábado.

“Eu guardo o sábado”, explicou. “Sexta à noite eu considero sábado já. Faço atividades diferentes. E festa não é o tipo de atividade que eu faço nesse dia”, explicou.

“Respeito totalmente a sua fé”, disse a apresentadora. “Mas aqui no reality fica um pouco complicada esta situação. Quando você topou participar já sabia que aqui vocês iam literalmente sair da rotina. Você sabia disso?”

Chorando, Wasthi respondeu: “As informações eram poucas. Eu não podia correr o risco de deixar de tentar…” Antes, ao ser apresentada ao público, ela havia dito: “Eu sou capaz de fazer tudo menos passar por cima dos meus princípios, que são mais fortes do que qualquer outra coisa.” Ana abraçou a candidata, disse que aceitava a desistência e elogiou as suas convicções.

Trata-se, enfim, de um caso inédito e delicado, ainda mais por ocorrer numa emissora que pertence a um grupo religioso, a Igreja Universal do Reino de Deus, cujos pastores ocupam o horário da madrugada para fazer proselitismo da própria fé.
***

Fonte: Folha.com

3 comentários:

  1. Ainda que os motivos que a levam a guardar o sábado estejam equivocados, em nossa visão, isso é uma verdadeira lição para nós, cristãos reformados, que não dão a mínima para o dia do senhor e a guarda do domingo. Antes deixam até de ir à igreja para frequentar shoping's e praias no domingo.

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente, não vejo qualquer virtude na atitude desta jovem. Ela vai participar de um programa que exige confinamento todos os dias da semana e depois diz que não sabia? Afirma que "tinha que tentar", a mim me parece mais o conhecido jeitinho brasileiro. O que ela fez qualquer judeu ortodoxo ou muçulmano devoto também faria e nem por isto estão certos.

    Sandro
    http://somentecristao1.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Pois é, concordo com o Sandro, veja bem, esse foi na verdade um concurso de beleza, todo mundo sabe disso, pois resporter não precisa rebolar de biquini para mostrar que é profissional na área de jornalismo pelo menos, quando entrou no reality sabia que estaria lá no dia de sábado, e mesmo assim entrou, mostrando o corpo como todas as outras candidatas, e ela diz que não faz festas na sexta a noite, mas se fosse outro dia ela faria sem problemas? Me parece mais que usou do programa de rede nacional para se auto-promover (ou promover uma instituição, sei lá)

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.