Header Ads

Todo o Ser que Respira Louve ao Senhor! Mas... O que Cantar?

Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR. (Salmo 150:6)

Por Eleilton William S. Freitas

A Bíblia ensina o povo de Deus a louvá-lo. Louvar é um mandamento: Louvai ao Senhor… (Sl 117:1 cf. Rm 15:11). Entretanto, a supervalorização dos ritmos e o desprezo pelas letras dos cânticos, por parte de muitos líderes de louvores dos dias atuais é lamentável e, precisa urgentemente ser repensada. Partindo do principio que o louvor é para Deus, nossa expressão de ações de graça tem que ter entendimento, isto é, precisamos saber o que estamos cantando ou dizendo a Ele. Não podemos nos iludir com o emocionalismo dos ritmos. Temos que ter em mente que cantar hinos não é mera exibição, mas sim, um momento de exaltação a Deus.

Quando não nos preocupamos com o que estamos cantando corremos o grande risco de cantar doutrinas anti bíblicas. Por isso, nossa base para os louvores deve ser a Palavra de Deus. Tudo o que cantamos precisa passar pelo crivo das Escrituras. É fundamental analisarmos nossos cânticos, para que em nossos cultos, o Senhor Jesus seja louvado com sabedoria por sua igreja. O louvor a Deus precisa estar embasado na Palavra de Deus!

Veja o que Paulo disse aos irmãos de Colossos: Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração (Cl 3:16). Veja como “louvor” e “palavra” andam juntos. De acordo com Paulo, existe uma relação clara entre o conhecimento da Bíblia e a adoração em cânticos. Neste texto, Paulo nos ensina que a palavra de Cristo precede toda e qualquer prática, pois como cantaremos ou oraremos a um Deus cujo ensino ignoramos ou desprezamos? Só conhecemos a Cristo através de sua palavra.

No Salmo 119, Davi mostra quão valiosa são as Escrituras Sagradas. Ela deve ser o conteúdo da nossa adoração e deve habitar ricamente em nós. Habitar, diga-se de passagem, não é “ficar” por alguns momentos, mas é morar para sempre! A palavra de Cristo deve influenciar nossa vida constantemente. Segundo Warren Wiersbe, a palavra “habitar”, neste texto, significa “sentir-se em casa”. Todo cristão precisa ter familiaridade com a Palavra de Deus! A Palavra de Deus precisa achar guarida no coração daquele que o adora. Ela tem de se sentir em casa para transformar o que precisa ser transformado, mudar o que precisa ser mudado, restaurar o que precisa ser restaurado.

Aquele que adora deve constantemente ser alimentado, edificado, transformado pela Palavra. Ela deve ser o alicerce da adoração e a direção do adorador. Os grandes cânticos cristãos foram escritos por homens e mulheres, que em sua maioria, eram profundos conhecedores da Palavra de Deus. Viviam a Palavra de Deus. Transpiravam a Palavra de Deus. Cantavam a Palavra de Deus. Enfim, tinham familiaridade com a Palavra de Deus. É assim que tem de ser!

Que os cânticos em nossas igrejas, cada vez menos cocem o ego dos adoradores, e cada dia mais, toquem o coração de Deus! Que a Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus, cada vez mais ache guarida, morada, “sinta-se em casa”, enfim, habite no coração de cada adorador. E que acima de tudo, o Senhor Jesus, seja sempre engrandecido por nós, em nossos cânticos!
***

Fonte: www.fumap.com.br compartilhado no PCamaral

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.