Header Ads

O que devo fazer?

O machado já está pronto para cortar as árvores pela raiz. Toda árvore que não dá frutas boas será cortada e jogada no fogo. Então o povo perguntava: — O que devemos fazer?… Alguns cobradores de impostos também … perguntaram a João: — Mestre, o que devemos fazer?… Alguns soldados também perguntavam: — E nós, o que devemos fazer? (Lucas 3.9-14)

Por Tim Carriker

Não é interessante que a pergunta, “o que devemos fazer”, aparece três vezes por pessoas diferentes? Será que as Escrituras estão tentando nos dizer alguma coisa? Com certeza!

Mas como entender isto hoje? Afinal, a previsão de João Batista já se realizou. Jesus já veio, já anunciou a chegada do governo do Pai através do próprio ministério de Jesus, já julgou o estabelecimento religioso da sua época, já morreu, já ressuscitou e já senta à destra do Pai governando o nosso mundo. Portanto, o aviso de João Batista para nós não é fora de época e assim, anacrônica?

Sim e não. Sim, porque tudo isto que mencionamos já aconteceu. Hoje estamos do lado de cá da cruz, não o lado de lá.

Mas não, porque Jesus ainda está “dominando os seus inimigos” (1 Coríntios 15.23-28), e nós, como a sua igreja, fazemos parte deste processo (Efésios 1.22-23, 3.10). Então, sim, o aviso de João ainda é pertinente para nós hoje.

O que devemos fazer? Qual é o nosso papel diante da ação às vezes dolorosa e julgadora de Deus de estabelecer a sua autoridade na nossa história e no nosso mundo?

O que devemos fazer? O que devo, eu, fazer? E o que você deve fazer?

Medite nisto e nas respostas que João deu para os seus ouvintes (ou seja, continue lendo o Evangelho).
Oração
Pai Eterno, o que eu devo fazer? Por favor, me conceda a coragem e a fé de fazê-lo. Em nome de Jesus. Amém.

***

Fonte: Revista Ultimato Online / sites / Tim Carriker - Compartilhado no PCamaral

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.