Header Ads

Ministério de sucesso?

"Quando amanheceu, Jesus saiu da cidade e foi para um lugar deserto. Mas a multidão começou a procurá-lo, e, quando o encontraram, eles não queriam deixá-lo ir embora. Mas Jesus disse: — Eu preciso anunciar também em outras cidades a boa notícia do Reino de Deus, pois foi para fazer isso que Deus me enviou. E ele anunciava a mensagem nas sinagogas de todo o país." (Lucas 4.42-44 NTLH)

Por Tim Carriker

Quando se lê o contexto maior da passagem acima (vv. 31-45), fica evidente que a fama de Jesus era notória. Realizava um ministério empolgante que causou admiração pelo seu ensino, gratidão pelo seu ministério de expulsão de demônios e de cura, e um consenso generalizado de que Jesus precisava permanecer onde estava pois as necessidades eram grandes e tudo estava indo tão bem. Isto me lembro de uma expressão muito conhecida que aprendi na minha infância: “Se não está estragado, não conserte!” Mas Jesus não se comporatava desde modo. Mesmo com um ministério de impacto e com o apoio da multidão ele quis ir emboraI!

Jesus não agia de acordo com o “sucesso” do seu próprio ministério. Isto me “soa” certo no nosso mundo evangélico onde o sucesso às vezes se torna o critério para a continuação ou não das nossas ações. Como explicar o comportamento de Jesus? Eu só consigo concluir assim: Jesus estava tão afinado na vontade de Deus para a sua vida, inclusive para todo o seu ministério, que o ibope humano simplesmente não  importava. Pelo menos não era determinante. Se for assim, todos nós que estamos em algum tipo de ministério devemos parar para pensar e avaliar as próprias prioridades.

Mas talvez haja outra explicação, ou alternativa ou suplementar: a natureza inclusive e abrangente das Boas-Novas simplesmente exigia que elas não permanecessem paradas num só lugar. Era necessário que se espalhava.

Se você concorda comigo, quais seriam as implicações para o seu minísterio?

Oração
Dispomo-nos a Ti, maravilhoso Deus, a ministrar onde o Senhor nos enviar, havendo ou não “sucesso.” Em nome de Jesus. Amém.
Fonte: Tim Carriker compartilhado no PCamaral

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.