Header Ads

O céu anuncia a glória de Deus: o ser humano deveria fazer o mesmo

Levantai ao alto os vossos olhos, e vede quem criou estas coisas; foi aquele que faz sair o exército delas segundo o seu número; ele as chama a todas pelos seus nomes; por causa da grandeza das suas forças, e porquanto é forte em poder, nenhuma delas faltará. (Isaías 40:26)

Por sua beleza, por sua imensidão, por sua variedade e por sua ordem, a criação “anuncia a glória de Deus e nos mostra aquilo que as suas mãos fizeram, [e] cada dia fala dessa glória ao dia seguinte, e cada noite repete isso à outra noite” (Sl 19.1-2). É um anúncio contínuo, dia após dia, sem o menor intervalo. E a criatura, chamada a coroa da criação, também anuncia a glória de Deus? Tanto a criação como a criatura têm essa oportunidade e obrigação.

É de igual valor apresentar a formidável glória de Deus tanto na criação como na redenção. Uma não é maior que a outra. Evangeliza-se quando atraímos a criatura para o Criador, o pecador para o Salvador. A Grande Comissão não é só para o “depois de Cristo”. É também para o “antes de Cristo”. No Novo Testamento há um forte apelo para se fazer propaganda da redenção e do Redentor, e no Antigo Testamento, um forte apelo para se fazer propaganda da criação e do Criador. Salmos é o livro da Bíblia que mais insiste na propaganda da glória e das grandezas de Deus como Criador e Sustentador das coisas visíveis e invisíveis, e como o Senhor absoluto da história, como se pode ver a seguir.

96.3 – Falem de sua glória às nações; contem a todos os povos as coisas maravilhosas que ele tem feito.

105.1-3 – Agradeçam a Deus, o Senhor, anunciem a sua grandeza e contem às nações as coisas que ele fez. Cantem a Deus, cantem louvores a ele, falem dos seus atos maravilhosos. Tenham orgulho daquilo que o Santo Deus tem feito.

138.4-5 – Ó Senhor Deus, todos os reis da terra te louvarão quando ouvirem falar das tuas promessas. Eles cantarão a respeito das coisas que tu, ó Senhor, tens feito, pois grande é a tua glória.

145.1 – Meu Deus e meu Rei, eu anunciarei a tua grandeza e sempre serei grato a ti.

145.4-5 – Ó Deus, cada geração anunciará à seguinte geração as coisas que tens feito, e todos louvarão os teus atos poderosos. Elas falarão da tua glória e da tua majestade, e eu meditarei nas coisas maravilhosas que fazes.

145.11-12 – Todos falarão da glória do teu Reino e contarão a respeito do teu poder, para que todos os povos conheçam os teus atos poderosos e a grandeza da glória do teu Reino.

Fonte: Ultimato Setembro-Outubro 2012 | Compartilhado no PCamaral

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.