Header Ads

Procuram-Se

Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros. (1 Samuel 15:22)

Por Dani Viteze

Quando Jesus ia saindo, um homem correu em sua direção e se pôs de joelhos diante dele e lhe perguntou: "Bom mestre, que farei para herdar a vida eterna?" Respondeu-lhe Jesus: "Por que você me chama bom? Ninguém é bom, a não ser um, que é Deus. Você conhece os mandamentos "Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dará falso testemunho, não enganará ninguém, honrará teu pai e tua mãe!" E ele declarou: "Mestre, a tudo isso tenho obedecido desde a minha adolescência". Jesus olhou para ele e o amou. "Falta-lhe uma coisa", disse ele "Vá, venda tudo o que você possui e dê o dinheiro aos pobres, você terá um tesouro no céu. Depois, venha e segue-me. Diante disso ele ficou abatido e afastou-se triste, porque tinha muitas riquezas. (Marcos 10,17-22)

Provavelmente você já ouviu ou leu essa passagem da Bíblia. A Bíblia narra que esse jovem, do qual não sabemos o nome, correu ao encontro de Jesus e se ajoelhou diante do Mestre. Ele não tinha a certeza da sua salvação, apesar da grande riqueza que possuía. Era judeu, descendente da linhagem de Abraão, e seguia à risca os mandamentos da Lei. Jesus fez essa pergunta por que sabia que apesar do jovem cumprir com todas as Leis, o seu coração estava em suas riquezas. Talvez você diga "Ah mas é uma situação difícil, abrir mão de tudo assim!" Porém no Antigo Testamento temos o exemplo de Moisés. Moisés renunciou aos seus direitos ao trono do Egito, de todas as suas regalias e decidiu-se em favor de Deus.

Moisés tinha quarenta anos de idade quando tomou essa grande decisão, quando concluiu que a fé e a verdade, em companhia da agonia e das dificuldades, eram melhores do que as riquezas e a fama, na ausência do amor de Deus. Poucos homens na história têm sido chamados a tomar uma decisão mais difícil de que a dele. (Trecho do Livro "Que mais lhe Falta? - Billy Graham)

Muitas pessoas vão a igreja com frequência, devolvem o dizimo, acreditam em Deus, fazem boas obras, ajudam em campanhas, etc. Mas quando se trata de abrir mão de certas coisas, elas se negam. E não estou só falando de bens materiais, emprego, e de coisas, estou falando de abrir mão de outras coisas, principalmente de tempo e de sonhos.

Certa vez uma amiga me disse "Se precisar eu faço doação em dinheiro, contribuo para missões, mas eu sair do conforto da minha casa, para ficar dormindo sei lá onde, isso eu não faço mesmo!"

Infelizmente ela não é a única a agir assim. Essa conversa tivemos quando eu tinha que decidir abrir mão do meu emprego, para fazer uma viagem para o Chile no começo do ano. O emprego em que estava, era perto da minha casa, o que me proporcionava poder ir a pé trabalhar, o salário era bom, o horário também. Eu tinha inúmeros motivos para não aceitar o desafio proposto por Deus.

Essa já não era a primeira vez que eu enfrentava essa situação, no emprego anterior que eu estava, aconteceu uma situação parecida. Eu tinha que abrir mão do emprego que eu simplesmente amava fazer. Orei, busquei em Deus se não haveria outra alternativa, e sabe qual  foi a resposta que eu tive: "Durante 10 anos você trabalhou onde você quis, tudo o que você quis eu te proporcionei, agora você vai trabalhar onde eu preciso!"

Lógico que como filha obedeci a Deus, nas duas situações.

Se foi fácil? Tenho que confessar que não. Porque abrir mão de nossos sonhos, para viver os Planos de Deus, é uma coisa que constantemente estou aprendendo a fazer. Sejam coisas importantes como a questão do meu emprego, como também até coisas simples, por exemplo, como e em que gastar o meu tempo. Sempre me surpreendo com os Planos de Deus, mas NUNCA me arrependo de ter escolhido seguir e obedecer a Deus.

E faço não só porque Deus me ordenou como um Pai que dá ordem para um filho, e este cumpre em obediência a autoridade do pai. Faço porque O amo mais que tudo, porque não quero desagradá-lo.

Deus está a procura Verdadeiros Adoradores. Que o Adorem de corpo, alma e coração. Não importando com o preço que tenham que pagar ou abrir mão.

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.“ (Jo 4: 23)

Será que se Deus procurar Ele vai achar em mim e em você um verdadeiro adorador?


Fonte: Minha Rocha Viva | Adaptado por Sou da Promessa | Compartilhado no PCamaral

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.