Header Ads

Deus não quer que eu seja feliz

Deus não quer que eu seja feliz - blog do PCamaral

Por Ricardo Rodrigues no Se Liga na Palavra

“Aquele que não poupou a seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com ele, e de graça, todas as coisas?” (Romanos 8:32)

Parece um absurdo esta afirmação, mas muitos de nós já pensamos isso, diante de tanto sofrimento que passamos, será que Deus não quer me ver feliz? O que dizer a uma mãe que perde um filho, um pai que perde o emprego e vê sua família passando fome, ou um enfermo que vê sua saúde e vida se esmorecendo enquanto sofre dores terríveis de uma doença mortal.

Que a vida com Cristo é boa não temos dúvidas, mas por que então sofremos, por que temos que conviver diariamente com a dor e a tristeza? Será que Ele fica alheio a tudo isso, indiferente diante do sofrimento que assola a muitos de nós?

A resposta para estes questionamentos é simples, direta e inquestionável, Cristo quer que você seja feliz, independente da situação que estamos vivendo. Lembro-me de uma frase que muda todo o sentido de encarar o sofrimento, ao invés de se perguntar “por que eu?” comece a se perguntar “por que não eu?”.

Paulo diz no versículo 32: “Aquele que não poupou seu próprio filho…”, não houve medidas para o amor de Deus que foi derramado sobre nós, sendo que Ele doou o que tinha de melhor para que de graça e pela graça pudéssemos ter a alegria da salvação. Como podemos então imaginar que este Deus não nos quer felizes e nos prover tudo o que necessitamos?

Deus quer que sejamos felizes mesmo diante destas situações terríveis, observe: Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? “Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro”. Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. (Romanos 8:35-37)

Quando somos vencedores de algo significa que aquilo que vencemos está agora abaixo de nossos pés, já triunfamos sobre eles. Mas quando diz que somos “mais” que vencedores sobre estes males, não apenas triunfamos sobre eles, mas eles agora estão submissos e servem a cada um de nós.

John Piper diz que: Cada dor, perda, sofrimento, mesmo que venham acompanhados de lágrimas são usadas por Deus para o nosso bem. Esse bem que Deus opera é que deve ser o fundamento de nossa alegria, não as circunstâncias causadas por ele. Devemos ser felizes, pois sabemos que se estamos sofrendo este é um modo também Dele trabalhar em nossa vida para o nosso bem. Parece complicado aceitar isto, podemos entender isto apenas pela nossa fé. Não buscar alegria nas circunstâncias, mas diretamente Nele, no Evangelho, no fato de que Deus é realmente bom e se importa conosco.

Embora o mundo se despedace ao nosso redor ainda temos a Cristo. Nenhuma condição ou circunstancia pode nos tirar isto, nem nos afastar Dele, pelo contrário, nossos pesares servem para nos aproximarmos e provarmos de seu fiel amor, nem a mais terrível das dores ou situações teria o poder de fazer com que ele nos amasse menos.

Nas pressões e dificuldades da vida continuaremos caminhando, de fé em fé, na certeza de que Ele estará conosco todos os dias, na certeza também de que não vencerei por minhas forças ou por minhas qualidades, mas por meio de Cristo, aquele que nos amou primeiro.

Creia nisto e seja feliz, não importam as circunstâncias.

“Que diremos, pois, diante dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Romanos 8:31)


Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.