Header Ads

Olhando para a Cruz de Cristo


Por Eleilton Freitas


A morte de cruz era um dos mais cruéis métodos de tortura do mundo antigo; não foi uma invenção Romana, eles, apenas aperfeiçoaram, tornando horrendo, algo que já era cruel. Era tanto sofrimento, que os romanos não aplicavam essa pena aos cidadãos romanos. Talvez seja até por isso que, Pedro, que era judeu, morreu crucificado; e Paulo, que tinha cidadania romana, morreu decapitado.

Jesus foi condenado a mais cruel das mortes, mesmo não sendo considerado um criminoso. Por que Jesus morreu na cruz? Por que quando chegou à hora de dar a sua vida em resgate de muitos, Ele não fugiu, não se escondeu, não pediu a Deus que enviasse legiões de anjos? Por quê? Havia um propósito em tudo isso. Eu quero te convidar, neste instante, a olhar para a cruz. Olhar para o que Jesus fez por você. Lucas, no capítulo 23, dos versículos 39 a 43, conta a história de dois homens que ousaram olhar para cruz.

O texto fala de dois ladrões, duas vidas, dois pecadores, feitos de carne e osso como todos nós. A Bíblia não diz, mas, segundo a tradição católica, um chamava Gestas e o outro Dimas. Como já afirmamos anteriormente, nos últimos momentos de suas vidas, eles ousaram olhar para a cruz. Olhar para o Cordeiro de Deus crucificado. Pena, que com pensamentos e atitudes bem diferentes.

O primeiro deles olhou, e não conseguiu ver quem realmente era Jesus. Ele preferiu olhar, blasfemar e provar... "Se tu és o Cristo...". Enquanto isso, o outro, toma forças da onde não há forças, para repreender o amigo que estava interessado em blasfemar de Jesus. Mas ele não para por ai, o texto diz que ele fala com Jesus. Ele olha para o cordeiro santo de Deus na cruz, sabe que sua vida no mundo foi miserável, sabe que a vida de Jesus no mundo foi impecável e faz um pedido: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. Que pedido! O momento dele era aquele. Ele não deixa passar, olha para a cruz e toma a sua decisão. Queria passar o resto da eternidade ao lado de Jesus.

Essa mesma história se repetiu por todas as épocas, por todos os séculos e, continua se repetindo. Jesus se entregou por nós, foi para cruz. Muitos olham para a cruz e blasfemam: Certamente a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós que somos salvos é o poder de Deus (I Co 1:18). E muitos como o segundo ladrão: Lembre-se de mim Senhor! E você que hoje lê estas palavras? Ao fazer esse exercício de olhar para cruz, relembrar tudo o que Jesus fez por você, o que passa no seu coração? Ao olharmos para a cruz precisamos tomar uma decisão! A decisão de viver o resto de nossa vida ao lado de Jesus. Lembre-se de nós Senhor!

Os que blasfemam não têm a resposta de Jesus. Ele não disse nada ao primeiro ladrão. Mas aquele que confessa seus pecados, que confessa a santidade de Deus, que olha para a cruz com um coração limpo, esse ouvirá de Jesus: Estarás comigo no paraíso... Amém!

Escolha viver o resto da vida com Jesus, a presente e a futura. Não será fácil, mas vale a pena. Olhe para a cruz hoje, uma vez mais, agradeça a Cristo! Se sua fé está titubeando, oscilando, cambaleando, não se demore! Hoje mesmo, levante seus olhos ao céu e diga: Lembre-se de mim Senhor!

Tome uma decisão firme em sua vida, se você, por algum momento pensou em desistir de Jesus, é hora de renovar seu compromisso com Ele. Faça isso em Nome de Jesus.

Só a Ele a glória!

***

Devocional de autoria de Eleilton William de Souza Freitas publicado no portal Guiame e divulgado no PC@maral

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.