Header Ads

Encarando Meu Eu!


Por Danúbia F. Pechoto Guarnieri

"Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus". (Rm. 3.23)

Em muitos momentos de nossas vidas é necessário pararmos para colocar em ordem nosso mundo interior; com a correria do dia a dia, cansaço e coisas mais, nos esquecemos de olhar pra dentro de nós e ver a forma como estamos. Talvez você seja do tipo: “Eu sou o cara” e saiba todas as suas qualidades, mas talvez você seja do tipo: “Ninguém me ama” e não reconhecem em você qualidades, não iremos tratar disso, mas sim no fato da necessidade de sermos humildes e reconhecer nossos erros- nossas falhas.

É um tanto quanto complicado a gente ficar falando de nossos erros não é mesmo?! Tem alguns que até doem de ser comentados, mas é necessário trazê-los à tona, sabe por quê? Porque só assim, poderemos mudar de vida! Só mudamos quando somos confrontados! E teve um cara na Bíblia que pode nos ajudar a entender esse processo: Pedro! É conhecido e amado por muitos, inclusive por aqueles que não conhecem a bíblia, mas sabem do Pedro que negou a Jesus após o galo cantar por três vezes e que também experimentou andar sobre as águas.

Pedro era uma pessoa extrovertida; alegre; quando não sabia o que fazer, falava, falava, falava pelos cotovelos, mesmo quando a ocasião pedia silêncio; corajoso; declarava o seu amor por Jesus mesmo que não fosse de uma forma tão amorosa como cortando a orelha do próximo! Mas Pedro também era impulsivo, inconstante, agia de forma descontrolada, errava o foco, teve medo, faltou fé, olhou para as circunstâncias, se deixou influenciar pela roda de inimigos, foi egoísta, teve animo fraco, se achou auto-suficiente, independente de Deus. (Lc 5:1-11, Mt.14:28-29, Jo18:10, Jo20:9, Mt.16:22, Mt.26: 31-35, Jo 18:18, Mt.26:69-70)

Talvez se começássemos a trocar nossos papéis e você fosse olhar os defeitos do seu amigo, você falaria: “Ih, não quero ser amigo desse cara não; olha os pecados dele!” Quando olhamos para Pedro talvez a gente possa ter essa impressão, como um cara desses pode ser discípulo de Jesus? Como que Jesus teve a coragem de chamar Pedro para ser um dos seus, sendo ele tão podre?!

Sabe por quê? Porque Deus não olha como estamos, mas como seremos; Ele olha para a disposição do nosso coração em querer mudar e Ele sabia que Pedro era assim, por isso investiu tempo na vida dele mesmo sabendo que Pedro o negaria e faria tantas coisas ruins. Você pode até ficar com vergonha olhando para a lista dos seus defeitos, mas saiba que o Senhor também te escolheu, também tem um plano lindo para sua vida e também quer te usar. A questão é: como você tem se comportado com o chamado de Deus pra sua vida?

Quando falo sobre chamado, não me refiro ao chamado para ser pastor, diácono ou coisas do tipo, mas ao chamado inicial de Deus que é de sermos simplesmente filhos! Como você tem lidado com as pressões dos amigos que ditam qual comportamento você deve ter diante das circunstâncias? Com as tendências da moda, com as gírias que vão e vem, como você tem lidado com as influências das músicas mundanas? Dos sites na internet? Como tem sido o seu namoro? Como você tem agido na escola, no seu trabalho?

De tempos em tempos eu tiro a minha aliança para limpá-la, para polir, ela fica “embaçada” e conforme vou limpando com um produtinho ela vai ficando limpinha e brilhante como no dia em que o meu marido colocou em meu dedo. Eu te pergunto: como está a sua aliança com o Senhor? Será que embaçada também, sem cor, sem brilho? Será que está precisando ser limpa, restaurada, renovada? O melhor produto para limpar é o sangue de Jesus, Ele nos purifica dos nos nossos pecados, e nos dá novo brilho, nova vida, restaura como se fosse tudo a primeira vez.

Pedro conviveu com Jesus, andou com Ele, sabia como Jesus comia, dormia, agia, O tinha como seu exemplo, mas ainda assim não viveu de acordo com sua vontade, até o dia em que Jesus morreu, ressuscitou, e depois foi pra junto de Deus Pai. Então ele acordou pra vida, viu que se fosse pra viver como todo mundo vivia, não iria valer à pena, e se dispôs a marcar a geração dele.

Pedro pregou ao todo para mais de oito mil homens judeus (três mil da primeira vez e cinco mil da segunda) que se arrependeram e foram batizados, Deus o usava para curar vidas e até a sua sombra curava, foi levado a julgamentos e não mais negou a Jesus, foi liberto da prisão de forma milagrosa, escreveu duas cartas (I e II Pedro), viveu o fim de sua vida servindo, adorando ao Senhor com todo seu coração e com todas as suas forças e diz a tradição que ele foi crucificado de ponta cabeça! (At 4:13, 19-20 e 31, At.4:4, At.3, At.1:15, Jo6:69, Jo21:15-17)

O cara pisou na bola demais... Mas não deixou que seus defeitos o aprisionassem e fizesse dele mais um na multidão! Ele entregou a sua vida para obedecer ao Senhor e com certeza, nos encontraremos com Ele no céu! Após ter tido inúmeros experiências e ter amadurecido como homem, Pedro escreveu:

"Portanto, estejam com a mente preparada, prontos para a ação; sejam sóbrios e coloquem toda a esperança na graça que lhes será dada quando Jesus Cristo for revelado. Como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: "Sejam santos, porque eu sou santo". I Pedro 1.13-16

Pedro nos é dado como exemplo para que possamos entender que Deus nos ama como somos, mas deseja nos transformar, fazer a diferença em nossas vidas e nos usar para que muitos outros o conheçam e tenham suas vidas transformadas e salvas.

E eu e você?! Qual decisão irá tomar?

Que Deus nos ajude e abençoe!

***

Fonte: Texto de autoria de Danúbia F. Pechoto Guarnieri publicado no portal Sou da Promessa na coluna Artigos Jovens - Compartilhado no PC@maral

Um comentário:

  1. Olá! Irmão Paulo, Graça e Paz...

    A ordem Bíblica para nós é, Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé; provai-vos a vós mesmos. “E não Examinai ao próximo, e provai se o próximo esta na fé, ou se está reprovado, como a maioria de nós, tem feito.
    Mas, quanto ao Eu, "Meu Ego" A Bíblia não diz, que devemos nos anular; mas nos subjugar ao domínio de Cristo, nos convertendo a sua vontade, com a ajuda do Espírito Santos, o qual veio a nos, por promessa do Pai, com o objetivo de nos conscientizar, transformar e regenerar, através da noganimilidade do seu fruto “Amor, Paz, Alegria, Longanimidade, Benignidade, Bondade, Fé, (Para Produzir em nós: Temperança e Domínio próprio”. Não podemos confundir; Personalidade com Caráter; Personalidade e algo que Herdamos, Caráter e algo que desenvolvemos.

    Deus abençoe Ricamente a sua Vida...

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.