Header Ads

Pessoas deixam marcas

Então respondeu um dos moços, e disse: Eis que tenho visto a um filho de Jessé, o belemita, que sabe tocar e é valente e vigoroso, e homem de guerra, e prudente em palavras, e de gentil presença; o SENHOR é com ele. (1 Samuel 16:18)

Por Jeverton “Magrão” Ledo em Ultimato Jovem

De tempos em tempos me lembro de pessoas que marcaram minha vida. Algumas vezes elas parecem verdadeiros heróis, outras conhecedoras de todas as respostas. Meu pai me ensinou muitas coisas, e suas conversas comigo sempre me deixavam pensativo. Para um garoto era intrigante ver tanta sabedoria. Entre outras coisas, aprendi que ser sincero é como uma chave para se ter uma vida tranquila. Mas tem um garoto que me ensinou muito. Um garoto cheio de responsabilidade, um coração terno e uma história construída sobre uma base bem sólida. Seria esse garoto um herói? Na verdade não, era um jovem cheio de conflitos e sonhos. Seu nome era Davi.

A história de Davi me ensina que, por piores que sejam nossos pecados e transgressões, quando abrimos nossa boca, reconhecemos e confessamos com sinceridade, uma paz corre em nossas veias, como que nos dizendo: “filho meu, siga, prossiga e encha-se de esperança”.

No livro de 1 Samuel está relatada a trajetória desse garoto. Quero apresentar cinco características marcantes na vida dele (1 Sm 16.18):

1. Davi era valente. Não tinha medo de enfrentar os desafios da vida;

2. Algumas traduções relatam que Davi era “animoso” (cria na benção de Deus, animado, otimista). Isso não quer dizer que era um utópico, sem os pés no chão, como muitos hoje que são levados a viver uma vida fora da realidade, escondidos em um mundo imaginário;

.3 Homem de guerra. Naquela época era guerra mesmo, sem se esquecer das espadas, lanças e muitas mortes. Hoje em dia temos outro tipo de guerra: a guerra pela vida, e isso requer de nós ação, sem perder tempo com murmurações;

4. Sabia usar as palavras. Uma pessoa com bom senso que não joga conversa fora e tem uma palavra certa na hora certa;

5. De gentil presença.

Minha vida tem passado rápido demais. há alguns anos entrei no “enta”. Como disse uma amiga, você só sai desta fase quando chega aos “cem”. Estou mais sujeito a boas lembranças e, com mais frequência, quero trazer à memória as marcas deixadas por pessoas amadas.

Buscar sinceridade e guardar os ensinamentos recebidos traz muitos benefícios, e no caso do garoto Davi não foi diferente:

- O Senhor é com você (1 Sm 1.18)

- Sua presença é pessoal e sua proteção total (Js 1.5)

- Socorro sempre presente (Sl 121)

Deus nos honra até o fim de nossos dias, abençoa nossa posteridade. Davi, no fim de seus dias, teve preservada sua honra, sua autoridade e cumpriu uma jornada digna de um homem segundo o coração de Deus.
______________

Jeverton “Magrão” Ledo é missionário, autor de “Minha Escolha Profissional — o que Deus tem a ver com isso?” (Editora Vida).


Um comentário:

  1. Olá, Seguindo!


    (Comente e Siga-me)
    http://gabriellyrosa.blogspot.com G.R ♥

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.