Header Ads

Terremoto no Haiti

FABIO RODRIGUES
da Folha Online


Pessoas clamavam por Deus nas ruas do Haiti, ouça relato:

O brasileiro Omar Ribeiro Thomaz, 44, professor de antropologia da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), saía de uma livraria em Porto Príncipe momentos antes do forte terremoto que abalou o Haiti nesta terça-feira (12). O local, visitado por ele e por um grupo de alunos que o acompanhava, ficou completamente destruído.

Segundo o professor, a tragédia só não foi pior porque o abalo aconteceu no momento em que a maioria do comércio já estava fechando. Tanto o dono quanto os funcionários da livraria conseguiram se salvar.

Após o tremor, Thomaz diz que voltou a pé com seu grupo para a casa onde estão hospedados, que pertence à ONG brasileira Viva Rio. No caminho, além de destruição e caos, presenciou pessoas desesperadas clamando por Deus.

Prédios e casas caíram, obstruindo as ruas da cidade. Com isso, não era possível prestar socorro às vítimas. "Havia muitas pessoas soterradas e muitos mortos que eram colocados nas calçadas. Do lado onde estávamos explodiu um posto de gasolina, foi terrível. Um ambiente enlouquecedor de gente correndo pela rua sem pele", relata o brasileiro.

A casa onde os brasileiros estão não foi atingida, mas temendo um novo tremor eles e alguns haitianos passaram a noite em um jardim e mal dormiram. De acordo com o professor, a cidade toda está sem luz e sem comunicação. Os os brasileiros conseguem acesso à internet por terem um gerador. Este podcast foi gravado por meio do Skype.
"Estamos economizando energia e racionando água. Temos comida em casa, mas o supermercado onde compramos mantimentos foi destruído", conta o antropólogo que decidiu com o grupo de alunos ficar nos país para ajudar no resgate.

Imagens das operações de resgate no Haiti: Saiba como ajudar aos sobreviventes do terremoto no Haiti
































Veja mais imagens aqui:


***

Fonte: Folha Online - Esta noticia vi no blog do Hermes C. Fernandes

Um comentário:

  1. eu so cei o que eu vi ate agora foi muito forte
    pesso a deus que abeçoi todos os sobreviventes
    e der aeles um poco de paz neste momento
    que eles tao precisando muito que eo tb vo resa
    por todos eles.falo da qui do rio de janeiro
    fiquei trite poreles mas deus sabe o que fase
    fim

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.