Header Ads

Vem e vê, eis um excelente método evangelístico




Por Hernandes Dias Lopes em Palavra da Verdade

Muitos métodos de evangelização foram usados com eficiência com o objetivo de levar pessoas a Cristo. Não dogmatizamos os métodos nem relativizamos a mensagem. A mensagem nunca pode mudar, os métodos devem mudar de acordo com as circunstâncias e pessoas. Jesus, o maior de todos os evangelistas nunca ossificou os métodos. Ele fez abordagens diferentes a pessoas diferentes. O apóstolo Paulo, de igual modo, mostra a necessidade de o evangelista ter sensibilidade para apresentar a mensagem imutável do evangelho dentro do contexto de sensibilidade cultural (1Co 9.22).

Não obstante a necessidade de lançarmos mão de todos os métodos legítimos e disponíveis para alcançarmos o maior número de pessoas, cremos, que o método mais eficaz é o usado por Filipe e André. Esse é o método de conduzir alguém a Cristo para uma experiência pessoal com ele. André falou de Jesus para Pedro e o levou ao Salvador. Filipe encontrou a Natanael e lhe disse: Vem e vê.

Não basta falar, é preciso viver. Não basta viver, é preciso demonstrar. Não basta demonstrar, é preciso pegar alguém pela mão e o conduzir ao Salvador. Muitos estão ainda cegos espiritualmente e não vêem a beleza e a glória do nosso Senhor. Somente quando são levados aos seus pés é que seus olhos são abertos. Outros olham para Cristo com preconceito e reservas, julgando-o indigno de ser adorado, até que experimentam seu toque generoso e sua graça salvadora. Por outro lado, há muitos que estão sedentos, mas não conhecem a água da vida. Estão famintos, mas não têm pão. Estão errantes porque não conhecem o caminho. Precisamos não apenas apontar o caminho para os que estão perdidos nas encruzilhadas da vida, mas também tomá-los pela mão e conduzi-los a Jesus.

O evangelismo implica em palavra e ação. Precisamos falar e conduzir. Precisamos falar de Jesus e trazer as pessoas a Jesus. A igreja toda deve estar engajada nesse projeto. Todos aqueles que são chamados são enviados. Deus nos chamou do mundo sem nos tirar do mundo para nos enviar de volta ao mundo para sermos testemunhas no mundo. Uma testemunha é alguém que viu algo importante e está pronta a falar do que viu. Calar-nos diante da glória do salvador e da bênção da salvação é um ato consumado de insensibilidade espiritual. Deixar de conduzir os perdidos a Cristo é o gesto mais cruel de desamor.

Encontramos pão com fartura e não podemos deixar morrer à míngua os infelizes que perecem sem esperança. Encontramos a fonte da água viva e não podemos calar a nossa voz quando tantos morrem de sede ou correm exaustas para as cisternas rotas. Não podemos nos acovardar quando tantos correm céleres para o abismo sem saber que caminham para a morte enquanto já encontramos o caminho da vida. Precisamos tomar aqueles que cambaleiam para a morte e os que perdidos estão e conduzi-los a Jesus, a única fonte de vida e paz.

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Me reservo o direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.


..

Tecnologia do Blogger.