Quem foi a esposa de Caim?

Quem foi a esposa de Caim?

As Escrituras sagradas não mencionam o nome da mulher de Caim e nem a sua procedência. Porém, devemos nos lembrar de que a Terra já tinha começado a ser povoada quando ele se casou. Com toda certeza, podemos afirmar biblicamente, que naquela altura dos acontecimentos, havia muito mais do que apenas cinco pessoas, inclusive outras mulheres além de Eva. Os seguintes pontos nos levam a esta conclusão:

“Retirou-se Caim da presença do SENHOR e habitou na terra de Node, ao oriente do Éden. E coabitou Caim com sua mulher; ela concebeu e deu à luz a Enoque. Caim edificou uma cidade e lhe chamou Enoque, o nome de seu filho.” Gênesis 4:16 e 17

Adão e Eva tiveram muitos filhos e filhas além de Abel e Caim

No livro de Gênesis são mencionados os nomes dos filhos de Caim e depois os de Sete, que seria o patriarca da segunda geração, nascido quando Adão tinha 130 anos (Gênesis 5:3). E a Bíblia afirma ainda que Adão, além de Sete, “gerou filhos e filhas” (Gênesis 5:4). Não sendo importantes tais detalhes, não foram mencionados os nomes e nem a quantidade de filhos e filhas que Adão e Eva tiveram, mas, é certo que a bênção de Deus ao casal, registrada em Gênesis 1:28, já estava se cumprindo: “E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra…” E, num tempo em que a vida humana se media em séculos, a descendência de Adão já deveria ser numerosa. Portando, uma dessas filhas de Adão, irmã de Caim, poderia ter sido sua esposa.

Caim cometeu o brutal homicídio em idade já madura.

Diz Gênesis 4:3: “Aconteceu que no fim de uns tempos trouxe Caim do fruto da terra uma oferta ao SENHOR.” Isso mostra o transcorrer de um período considerável de tempo. A tradução de Matos Soares e de Figueiredo diz: “Passados muitos anos…”. E, o “Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia” também admite esta hipótese: “ao fim de muitos dias denota um período indefinido e considerável de tempo transcorrido. Ora, a esta altura dos acontecimentos a família de Adão estaria bem numerosa ”.

Quem seria a mulher de Caim?

Alguns acreditam que a mulher de Caim até poderia ter sido uma sobrinha dele, filha de Sete. Baseiam-se no fato de ter decorrido muito tempo o exílio de Caim na terra de Node, (Gênesis 4:16) e o seu casamento relatado no versículo 17. E o versículo 25 afirma que Adão e Eva tiveram outro filho para substituir o justo Abel assassinado. Esse era Sete, e também ele “gerou filhos e filhas” (Gênesis 5:7).
Quando Caim foi expulso da região onde vivia por ter matado seu irmão, disse: “Quem me encontrar certamente me matará.” (Gênesis 4:14) De quem Caim estava com medo? Pelo visto, Caim ficou com medo desses outros descendentes de Adão e Eva.

Alguns comentaristas que admitem que no espaço de 300 anos, o número de filhos e filhas de Adão era superior a 50, e mais de 20 os filhos de Sete.

A terra de Node, para onde Caim foi, era conhecida com esse nome no tempo de Moisés, (na época em que Moisés estava escrevendo o Livro) que relatou, por inspiração divina, a história de Caim. É bem provável que no tempo de Caim o lugar não tivesse esse nome. Também é importante considerarmos que o relato da vida de Adão foi feito por Moisés, vários milênios depois dos acontecimentos. Este é o motivo de se dizer que Caim fundou uma cidade (Gênesis 4:17), quando, o mais provável, é que tenha fundado um pequeno povoado com sua própria prole.

O que a Bíblica quer dizer com a expressão “conheceu sua mulher”?

A dificuldade geral parece estar no capítulo 4 versículo 17, onde diz que Caim conheceu sua mulher. Mas o texto não diz que ele a conheceu de vista pela primeira vez. Afirma que ele a conheceu e ela concebeu um filho. O seu conhecimento quanto à sua mulher não foi no sentido de vê-la pela primeira vez, mas sim de gerar um filho. É comum na Bíblia usar o termo “conhecer” para se referir à relação sexual, conforme Mateus 1:25 “E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus.

Ou seja – José atendeu a palavra do anjo, recebeu Maria como esposa e não teve relações sexuais com ela (não a conheceu) até que deu a luz a Jesus Cristo.

Conclusão

Podemos concluir que tanto Caim quanto Sete e todos os demais filhos de Adão e Eva casavam-se ou com uma irmã sua ou com uma sobrinha (naquele tempo os homens não se casavam tão prematuramente como nos nossos dias). E, ao tempo em que Caim pensara em casar-se, havia muitas irmãs e muitas sobrinhas, o que não lhe trouxe dificuldades para encontrar uma esposa.

Esse costume, o casamento entre irmãos consanguíneos, continuou por muito tempo. Tanto que Abraão se casou com sua meia irmã Sara (Gênesis 20:12). Posteriormente, pelo degenerar-se da raça humana, essa prática foi proibida (Levíticos 18:6-17).

A Bíblia é muito clara em afirmar que toda raça humana descendeu de Adão e Eva, e, portanto, qualquer teoria contrária não passa de mera conjectura que não possui base bíblica: “De um só fez ele todos os povos, para que povoassem toda a terra, tendo determinado os tempos anteriormente estabelecidos e os lugares exatos em que deveriam habitar” (Atos 17:26).

Fonte:
Biblia.com.br

Nenhum comentário:

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicados, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.