Header Ads

Meu Deus, quem sou?


Por Márcia Gizella


Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram; Romanos 12;15

Essa passagem bíblica vem seguida de vários outros conselhos do apóstolo Paulo, mas esta em questão mexe comigo.
Como é fácil se alegrar com os outros não é? Muito fácil se reunir para comemorar. Porém chorar com os que choram é muito difícil. Quem hoje chora ao ver uma tragédia? Quem hoje chora ao ver uma mãe chorando a morte do filho bandido? Quem hoje chora ao ver o depoimento de uma criança vítima de pedofilia? Quem hoje chora ao ver pessoas com fome e sem teto? Quem chora? Poucos se importam... Mas todos se alegram ao ver o jogo do Brasil na copa do mundo,

Todos se alegram ao se reunirem em uma festa, todos se alegram ao som de músicas dançantes, e pulam e gritam e batem palmas dizendo : É para o Senhor!! É muito mais fácil, como é mais fácil amar quem nos ama. É tempo de luto, de pranto não de alegria. O Senhor quer ouvir nosso clamor, nosso choro, nosso arrependimento e eu tenho certeza disso.
Ontem ouvi alguém dizer: "Você vai sentir a presença do Espírito Santo fortemente hoje aqui" , sei que essa irmã não se deu conta do que falou, mas essa frase é sempre repetida quando estamos em reuniões para cultuar ao Senhor então eu me pergunto: Não temos em nós a presença constante do Espírito Santo? É necessário invocar Sua presença? É necessário ouvir músicas que tocam o nosso emocional?

Eu creio que quem nos faz sentir amor pelos outros é o Espírito Santo, então, se não choramos, se não nos compadecemos é porque em nós não há a presença do Consolador. O Espírito Santo não é Deus? E Ele não habita em nós?
O Altíssimo em Sua infinita bondade está muito mais voltado para os que estão sofrendo, independente de quem sejam Deus ama e se compadece das almas, tenho certeza, e se Ele chora, quem é cristão e está selado pelo Espírito de Deus também chora. O Senhor está contemplando todas as coisas e os corações, portanto de nada adianta fingimentos.

Vamos amar queridos, temos que amar ao próximo como a nós mesmos, e amar a Deus de todo nosso coração e de todo nosso entendimento. Isso significa que temos de renunciar a tudo o que queremos e fazer somente a Sua vontade. Temos que obedecê-lo independente do que pensamos ou sentimos. E por fim, amar ao próximo como a nós mesmos, significa fazer para com o próximo o que gostaríamos que fizessem conosco, querer para o próximo o que queríamos para nós. Isso tudo independente de quem são, e do que são. Irmãos ou não, parentes ou não, crentes ou não.

Somos cristãos? Então vamos todos agir como cristãos genuínos. Eu sofro, não agüento ver todas as tragédias na TV e ao longe ouvir palmas e gritaria de alegria, e de gols, e "bombinhas" para "são João", fogueira, festa... Dói meu coração ver gente com fome e tantos com a mesa farta. Dói demais. Não sou santa, não sou perfeita eu me sinto mais inútil e imprestável, não suporto ser quem sou e Deus sabe do que estou falando. Eu queria poder fazer algo, eu tenho vontade, eu sofro por tudo isso e me sinto presa sem poder fazer nada... Eu só consigo clamar, e chorar, e sofrer, não faço idéia do sofrimento dessas pessoas, mas sinto profunda tristeza. Não posso ser feliz em meio a tudo isso, não consigo. Ou sou maluca, ou sou de outro mundo, ou sou farsante.

Meu Deus quem sou?

Meu Deus! Somos cristãos?

***

Fonte: Texto de autoria de Márcia Gizella do blog Não Abro Mão da Graça compartilhado no PC@maral

Um comentário:

  1. suas palavras tem sido minhas palavras
    a muito tempo tenho orado a Deus sobre isso
    e meu coração se intristesse muito porque aquele me me ensinou dentro da casa de Deus sobre a postura de um cristão(meu antigo lider de jovens)hoje esta vivendo parcialmente,não quero julgar,mas o que machuca mais uma ovelha do que ver seu pastor ir embora?
    tenho pedido sempre pra Deus quanto a esta mudança ,quanto a esta cura para a igreja nos temos causado lagrimas nos olhos de Deus.Somos a menina dos olhos Dele e estamos sujos ,e como sujeira nos olhos faz sair lagrimas!Eu acho que não mereço nem sentir esta dor que eu mesmo causei em Jesus,no coração de Deus e que tristeza tenho dado ao Espirito santo quando ele clama por mim...
    Deus abençoe a sua vida,o que podemos fazer é vigiar e orar

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.