Mulher que teme ao Senhor? Essa sim será Louvada


Durante muito tempo a mulher era considerada um ser inferior ao homem. Não podia manifestar sua opinião, ocupar funções fora de seu lar, não tinha direito a voto e nem votar. Suas obrigações limitavam-se às atividades domésticas como cuidar da casa e dos filhos.

Com o passar dos anos a mulher foi ganhando espaço, conquistando direitos, ocupando funções, tornando-se relevante na sociedade. Destacou-se tanto que virou sinônimo de beleza e base principal para qualquer tipo de propaganda. Apesar de hoje dar-se uma valorização extrema a beleza física, sabemos que são indispensáveis os valores espirituais e de caráter.

Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada. Pv. 31.30

No capítulo 31, a partir do versículo 10, de Provérbios vemos a descrição que toda mulher deve ser e a esposa que todo homem deveria procurar para companheira. Mas como seria essa mulher perfeita? Na forma de acróstico cada versículo começa com uma das 22 letras do alfabeto hebraico e expressa as características dessa mulher. O texto não diz quem é essa mulher, mas o mais importante é observarmos essas características e buscarmos aprendizado nela. Esse retrato de esposa ideal mostra uma mulher:

Especial e de grande valor – v. 10 - Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.

Traz orgulho ao seu marido e trabalha com dignidade – v. 11 - O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo.

De aparência agradável e gentil com palavras – v.12 - Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.

É piedosa com a dor alheia – vs. 12, 20 - Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida. (...) Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado.

Colabora com a vida material da família – vs. 13 e 14 - Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos. Como o navio mercante, ela traz de longe o seu pão.

Administra bem seu lar – v. 15 - Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas.

Extremamente laboriosa (trabalhadora) – vs. 16-19 - Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos. Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços. Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite. Estende as suas mãos ao fuso, e suas mãos pegam na roca.

Assiste bem ao seu marido e aos seus filhos – vs. 20-23, 28 - Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado. (...) Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva.

É criativa e tem sua atenção voltada para o que é útil – v.24 - Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores.

Despreza as futilidades e fala com sabedoria - v.26 - Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.

Possui valor espiritual – v. 30 - Dai-lhe do fruto das suas mãos, e deixe o seu próprio trabalho louvá-la nas portas.

É direito da mulher cuidar do seu corpo, evitar tudo que não seja saudável porque é santuário do Espírito Santo – 1 Co 6.19 e 20. Seu emocional também deve estar em equilíbrio para que esteja em paz com o espelho. Vestir bem desde que os traços sensuais não sejam predominantes e que tudo que nela esteja glorifique ao SENHOR - Sl 103.1. Porém, isto não deve ser doentio, com gastos excessivos, uma adoração ao corpo, uma meta não atingível ditada implacavelmente pelos senhores da moda.

Quando Deus criou o homem a sua imagem e semelhança também criou a mulher para completar a sua obra. Em Gn 2. 18 Deus diz: “...não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea.” (idônea quer dizer: capaz, qualificada). Ao entendermos a criação observamos que Deus criou a mulher com capacidades e qualidades para que pudesse viver expressando a imagem de Deus.

Voltando para o texto inicial vejamos uma característica em particular: “... a mulher que teme ao Senhor.” Temer ao Senhor nada mais é do que viver para o louvor da Sua glória, ter os valores espirituais em prioridade, ser serva de modo a agradar a Deus em todo tempo. Como o próprio Jesus disse em Mt 6.33 "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." Sendo assim, tendo em mente a preocupação de agradar o Todo Poderoso, as demais características virão como consequências naturais.

Muitas podem buscar reconhecimento por sua beleza ou por suas habilidades, porém a palavra de Deus garante louvor àquela que O teme.

Que você Mulher e Irmã, possa viver a ponto de seus familiares e conhecidos se inspirarem e dizerem: “Muitas mulheres têm feito coisas maravilhosas, mas você superou todas” – Pv 31. 29.

Fonte:
Sou da Promessa - Marilsa Ferreira

Um comentário:

  1. Muito bom o estudo,amei, que Deus te abençoe grande mente,e te usando, para edificar, mais vidas.

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Comentários com conteúdo fora do assunto ou do contexto, não serão publicado, assim como comentários ofensivos ao autor.

Tecnologia do Blogger.